Roger Waters fala a Caertano Veloso em entrevista sobre Bolsonaro e o Fascismo

Patrocínio

Roger Waters fala a Caertano Veloso em entrevista sobre Bolsonaro e o Fascismo

Caetano Veloso e Roger Waters
Na noite desta segunda-feira (22), Roger Waters esteve na casa de Caetano Veloso, no Rio de Janeiro, para um bate-papo que não fugiria dos assuntos em alta no país: política, a onda fascista crescente no Brasil e Bolsonaro. A entrevista será exibida nesta quarta-feira (24), na coluna do cantor dentro da plataforma alternativa Mídia Ninja. Coincidência ou não, também será nesta quarta o show que Waters fará no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, dando sequência à etapa brasileira da polêmica turnê Us + Them.
A relação entre Caetano e Waters remonta a 2015, quando o britânico pediu ao brasileiro para que ele e Gilberto Gil não se apresentassem em Tel Aviv, em Israel. “As políticas coloniais e racistas de Israel têm devastado a vida de milhões de palestinos (…) Eu imploro a você [Caetano] para não proceder com sua participação”, escreveu Waters. A resposta de Caetano foi respeitosa, mas sem declinar da apresentação. “Decidimos não cancelar o show porque preferimos falar, dialogar e também porque queríamos aprender mais. Estive em Israel várias vezes e sempre amei este lugar. Mas sei que a situação é difícil e dura”, disse à época.
Após o show no Rio, Waters tocará em Curitiba no sábado (27) e encerra sua passagem pelo Brasil em Porto Alegre na terça-feira (30), onde possivelmente falará do resultado das eleições presidenciais no 2º turno, que acontecem no domingo (28).


Postar um comentário

0 Comentários