Keith Richards fala sobre sensação de tocar sóbrio após parar de beber

Patrocínio

Keith Richards fala sobre sensação de tocar sóbrio após parar de beber

Keith Richards
Quando os Rolling Stones voltarem a estrada em abril de 2019, tudo será diferente para Keith Richards. Pela primeira vez em mais de 50 anos de carreira, o lendário guitarrista admitiu ter parado de ingerir bebidas alcoólicas. “Já faz um ano. Eu parei. Me cansei disso. Era a hora de sair. Mas eu não noto nenhuma diferença grande – exceto pelo fato de eu não beber. Não estava me sentindo [certo]. Eu fiz isso. Não queria mais”, contou a lenda viva do rock à Rolling Stone norte-americana.
Famoso por levar a vida à níveis elevados de periculosidade tóxica, Keith admite que, às vezes, ainda bebe “uma taça de vinho, ou uma cerveja”. Agora, o músico faz companhia ao outro guitarrista, Ronnie Wood, sóbrio desde 2010, após décadas de abuso de substâncias ilícitas. “É um prazer trabalhar com ele assim. É muito mais suave. Ele está aberto a outras ideias, enquanto antes eu lidava com ele pensando: ‘ele vai me mandar à merda por dizer isso’. Agora, ele vai dizer ‘legal, cara’”, contou Wood.
Nos últimos shows que a banda fez, Keith contou sentir diferença ao beber menos que as famosas doses industriais de uísque. “É interessante tocar sóbrio”, conta. “Estamos em nossos setenta anos, mas ainda estamos agitando como se tivéssemos 40 anos, sabe?”, arrematou Wood.
Enquanto isso, a banda parece animada e trabalhando no álbum que sucederá A Bigger Bang, de 2005.

Informações Rocklune

Postar um comentário

0 Comentários