Nando Reis lança album onde canta canções do Rei Roberto Carlos

Patrocínio

Nando Reis lança album onde canta canções do Rei Roberto Carlos

Foto: Jorge Bispo
Existem aquelas canções de Roberto Carlos, as que ele mesmo compôs, geralmente em parceria com o amigo de fé e música Erasmo Carlos. E existem as canções feitas por outros compositores para Roberto Carlos, sobretudo na década de 1970.
No álbum Não sou nenhum Roberto, mas às vezes chego perto, Nando Reis (também) canta Roberto Carlos através desses compositores nem sempre valorizados e lembrados. São nomes como Maurício Duboc e Carlos Colla, autores de Me conte a sua história, bela canção apresentada por Roberto há 40 anos no álbum que gravou e lançou em 1979.
Me conte sua história é uma das 12 músicas do álbum gravado por Nando Reis com produção de Pupillo Oliveira e direção artística de Marcus Preto.
Como Nando Reis, Duboc, Colla, Mauro Motta – parceiro de Eduardo Ribeiro em Nosso amor (1977), outra música incluída no disco – e Marcio Greyck, entre outros, não são nenhum Roberto, mas às vezes também chegaram perto nas décadas de 1970 e 1980.
Nando Reis entendeu que essas canções também são a mais perfeita tradução do tom romântico do cancioneiro gravado por Roberto Carlos nos anos 1970, década áurea da fase adulta da obra do cantor. Elas são achados de um baú que, a despeito de ser encarado com preconceito pelas elites da música brasileira, guarda muitas joias.
Mesmo quando selecionou as músicas de autoria do próprio Roberto Carlos, Nando Reis fugiu do óbvio ao resgatar canções esquecidas como Procura-se (1980), parceria do Rei com Ronaldo Bôscoli (1927 – 1994).
Eis, na ordem do álbum álbum Não sou nenhum Roberto, mas às vezes chego perto, as 12 músicas selecionadas por Nando Reis para o tributo autorizado e avalizado por Roberto Carlos:

1. Alô (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1994)

2. De tanto amor (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1971)

3. Me conte a sua história (Maurício Duboc e Carlos Colla, 1979)

4. Amada amante (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1971)

5. Abandono (Ivor Lancellotti, 1974) – música lançada em disco por Eliana Pittman e popularizada cinco anos depois por Roberto Carlos em gravação de 1979

6. Vivendo por viver (Marcio Greyck e Cobel, 1978)

7. Nosso amor (Mauro Motta e Eduardo Ribeiro, 1977)

8. Todos estão surdos (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1971)

9. Nossa Senhora (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1993)

10. Você em minha vida (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1976)

11. Procura-se (Roberto Carlos e Ronaldo Bôscoli, 1980)

12. A guerra dos meninos (Roberto Carlos e Ronaldo Bôscoli, 1980)

 — Foto: Editoria de Arte / G1

Postar um comentário

0 Comentários