Rock in Rio 2019 anuncia encontros de artistas brasileiros e portugueses no Palco Sunset - Lully FM - La Profundidad 88.1

quinta-feira, 28 de março de 2019

Rock in Rio 2019 anuncia encontros de artistas brasileiros e portugueses no Palco Sunset

A Lully FM transmite o Rock in Rio com exclusividade na integra!
A organização do Rock in Rio anunciou nesta quinta-feira mais quatro atrações do Palco Sunset. Os encontros têm a particularidade de unirem artistas brasileiros e portugueses reforçando a relação do festival com o país há 15 anos. No dia 27 de setembro, a cantora Lellê recebe a revelação luso-brasileira Blaya. Já no dia 3 de outubro, o rapper brasileiro Rael e o português Agir farão parte do show “Hip Hop Hurricane”. No último domingo do Rock in Rio, 6 de outubro, a banda paulistana O Terno receberá o aclamado quinteto lusitano Capitão Fausto e a portuguesa Carolina Deslandes toca com os niteroienses da banda Melim.
“As atrações que anunciamos hoje, também se apresentarão em Lisboa no que chamamos de Music Valley Sessions. Serão pocket-shows sob o pôr do sol representando o cruzamento entre os palcos Music Valley (Lisboa) e Sunset (Rio de Janeiro). Os artistas brasileiros chegarão um pouco antes na cidade e poderão ter uma troca real com seus parceiros de palco. O público poderá acompanhar isso pelas nossas redes sociais, será muito bacana.” explicou Zé Ricardo, Diretor Musical do Palco Sunset e do Music Valley.
Em Lisboa, o Music Valley Sessions acontecerá como parte do calendário de comemoração dos 15 anos do Rock in Rio em Portugal. A primeira sessão será no dia 11 de abril, com Capitão Fausto a O Terno. No dia 30 de abril, Blaya se apresenta com a Lellê. A data do encontro entre os rappers Agir e Rael é dia 23 de maio. Já a cantora Carolina Deslandes estará com a banda Melim no dia 28 de maio.

Sobre Lellê

A carioca Lellê, 21 anos, começou 2019 anunciando sua esperada carreira solo com single e clipe a serem lançados nos próximos meses. Nascida na Praça Seca, periferia da capital fluminense, Lellê começou a carreira quase ao acaso quando, aos 11 anos, já era famosa em sua comunidade e na internet por seu jeito especial e único de dançar. A dança a levou a estrelar e a ser a única mulher selecionada para um clipe publicitário durante a Copa do Mundo de 2014. Então chamada de Lellêzinha, começava ali a base para o Dream Team do Passinho. Fenômeno pop-funk, o grupo estreou em 2015 com o disco Aperta o Play, que percorreu palcos do Brasil, Estados Unidos, França e Angola, além de ter se apresentado, no ano seguinte, na abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos. Em 2017, o Dream Team do Passinho se apresentou na edição de 2017 do Rock in Rio ao lado da estrela americana Alicia Keys.

Sobre Blaya

Karla Rodrigues, conhecida como Blaya, nasceu no Brasil em 1987 e foi morar em Portugal aos dois anos. A cantora integrou o Buraka Som Sistema desde 2008, um dos trabalhos de maior projeção internacional na época. Ao lado do grupo, fez apresentações em grandes festivais musicais até 2016. Em 2018, Blaya lançou o hit “Faz Gostoso”, que chegou nas primeiras posições das paradas de seu país, e superou a marca de 29 milhões de visualizações no YouTube, liderando as vendas nas plataformas de streaming.

Sobre Rael

O cantor e MC, Rael participou por 15 anos do conhecido grupo de rap Pentágono. Depois de tantos anos ligado a banda, passou a trabalhar em sua carreira solo e produziu seu primeiro álbum, “MP3 – Música Popular do 3° Mundo”, de 2010, que foi divulgado em performances no Brasil e Canadá. A notoriedade nacional veio em 2014 com o single “Envolvidão”, sucesso nas rádios e internet, com 84 milhões de visualizações no Youtube. Seu disco mais recente, “Coisas do Meu Imaginário”, 2016, foi disponibilizado para audição em muros de São Paulo e Rio de Janeiro por meio de dispositivos e caiu no gosto do público. O disco deu ao rapper o prêmio de Melhor Cantor pelo Prêmio da Música Brasileira. O cantor tem três álbuns de estúdio, dois EPs gravados.

Sobre Agir


Agir é compositor, produtor e intérprete desde os 12 anos de idade, percebendo desde cedo que é o seu lugar é na música. Na sua discografia podemos encontrar o álbum “Agir”, o EP “Alma Gémea”, a mix-tape #agiriscoming, os álbuns “Leva-me A Sério” e “No Fame”, todos escritos e produzidos pelo próprio. Os trabalhos lançados são hits, com uma consequência constante: shows lotados que percorrem Portugal de norte a sul.Foram mais de 100 concertos nos últimos dois anos, o prémio de Best Portuguese Act da MTV EMA 2015, duas nomeações para os Globos de Ouro, sendo vencedor do Globo de Ouro de melhor intérprete individual e o disco de Platina do álbum “Leva-me A Sério” são alguns dos marcos que Agir conquistou até agora.

Sobre O Terno

A banda formada por Tim Bernardes (guitarra, vocal e piano), Guilherme D'Almeida (baixo) e Gabriel Basile (bateria) lançou seu primeiro trabalho em 2012: “66”. O álbum foi considerado um dos mais impressionantes discos de estreia de uma banda brasileira, e o projetou para o cenário nacional. A revista Rolling Stone avaliou como um dos 25 melhores álbuns brasileiros daquele ano. Em 2012 O Terno ainda foi premiado na categoria Clipe do Ano, pelo Multishow, e Aposta MTV, no VMB. Em 2014, lançaram o álbum “O Terno”, o primeiro disco do grupo com as 12 faixas escritas pelos integrantes.

O single “Ai Ai, Como eu Me Iludo”, de 2016, estourou nas redes com mais de 3 milhões de visualizações no Youtube, e garantiu o prêmio de Melhor Clipe, pelo Multishow. Naquele ano, a banda produziu seu álbum mais recente “Melhor Do Que Parece”. O novo álbum será lançado em maio.

Sobre Capitão Fausto

Os integrantes Manuel Palha (guitarra), Domingos Coimbra (baixo), Francisco Ferreira (teclas), Tomás Wallenstein (voz e guitarra) e Salvador Seabra (bateria) compõem o grupo pop que está nas paradas musicais de Portugal. As letras pessoais sobre a adolescência e o envelhecimento, que estão no álbum “Capitão Fausto Têm os Dias Contados”, de 2016, caíram no gosto do público e o fizeram ser reconhecidos pelos críticos do país. O trabalho de estúdio mais recente da banda foi gravado no Brasil. Em parceria com a Red Bull, “A Invenção do Dia Claro” traz a evolução musical do grupo que está preparado para tocar no Rock in Rio Brasil.

Sobre Carolina Deslandes


Carolina Deslandes é uma das maiores artistas da atual geração de cantores e compositores portugueses. Com milhões de visualizações no Youtube tem trilhado um percurso meteórico desde a sua estreia, afirmando-se como uma referência não apenas no universo digital mas na música nacional contemporânea. Seu terceiro disco de originais, “Casa”, foi lançado em 2018 e entrou diretamente no 1º lugar do Top nacional de vendas, tornando-se o álbum que mais vendeu na semana de estreia no ano. O trabalho representa o retorno de Carolina após uma parada em 2016 para se dedicar à maternidade.

Sobre Melim

Diogo, Rodrigo e Gabriela nasceram em família especialmente musical, em Niterói, no Rio de Janeiro. Todos foram estimulados desde cedo a ficarem à vontade para escolherem instrumentos e aprenderem a dominá-los. Os dois meninos, gêmeos, começaram a tocar em bandas de pop rock, enquanto Gabriela ia para o samba de raiz. Os vídeos do trio postados na Internet renderam convite para participarem do Superstar, da Rede Globo. Na temporada de 2016 do programa foram até a semifinal. Foi o sinal de aceite que os levou a investirem em carreira, sob o sobrenome familiar, Melim. No final de 2017, lançaram o primeiro EP, com três músicas: "Meu Abrigo", "Transmissão de Pensamento" e "Ouvi Dizer". Em 2018, sai o primeiro álbum do grupo. O single "Ouvi Dizer" soma mais de 60 milhões de plays no Spotify e 112 milhões de views no YouTube. Números incríveis, mas que ainda ficam atrás dos 86 milhões de plays e 180 milhões de views de "Meu Abrigo". Em breve, Melim completará um ano no Top 50 do Spotify com as duas músicas.

Sobre o Rock in Rio


O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo. Criado em 1985 e com 34 anos de vida, é parte relevante da história da música mundial. O evento já soma 19 edições, 112 dias e 2.038 atrações musicais. Ao longo destes anos, mais de 9,5 milhões de pessoas passaram pelas Cidades do Rock. Nas redes sociais, os números da edição de 2017 são bem impactantes. São 143 milhões de pessoas alcançadas por conversas espontâneas sobre o Rock in Rio e 41,9 milhões de visualizações de vídeos nas redes do festival somente durante os dias de evento.
Nascido no Rio de Janeiro, o evento conquistou não só o Brasil como, também, Portugal, Espanha e Estados Unidos, sempre com a ambição de levar todos os estilos de música aos mais variados públicos.
Muito mais que um evento de música, o Rock in Rio pauta-se também por ser um evento responsável e sustentável. Em 2001, por meio do projeto social “Por um mundo melhor”, assumiu o compromisso de conscientizar as pessoas para o fato de que pequenas atitudes no dia a dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos. Em 2013, o Rock in Rio recebeu a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis, um reconhecimento do poder realizador da marca que desenvolve diversas ações com vista à construção de um mundo melhor, como a criação de 212,5 mil empregos diretos e indiretos no total das 19 edições, e mais de R$ 100 milhões investidos em causas socioambientais e a construção de um legado positivo para as cidades onde o evento é realizado. Em 2016, foi anunciado o Amazonia Live, projeto socioambiental do Rock in Rio, presente nas edições do festival até 2019 em todos os países onde o evento é realizado. Com o projeto, já foi garantido o reflorestamento de mais de 73 milhões de árvores.

Informações para imprensa
PR Rock in Rio
Approach Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!