Empresário do Slipknot alega que Chris Fehn era um músico contratado - Lully FM - La Profundidad 88.1

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Empresário do Slipknot alega que Chris Fehn era um músico contratado

Chris Fehn
O processo judicial entre Slipknot e o percussionista Chris Fehn continua a gerar controvérsias (via Loudwire). O músico foi demitido em abril após entrar com uma ação contra a banda, acusando o grupo de dividir os lucros de forma desigual entre seus membros. Robert Shore, empresário do Slipknot, declarou que Fehn não era um membro da banda, mas sim um músico contratado. Chris passou a fazer parte da banda em 1998, participando da gravação de todos os discos até o momento, mas de acordo com um documento indexado ao processo em abril, o percussionista não é “acionista, dono ou membro de qualquer entidade de negócio” relacionada ao grupo.
O novo álbum do Slipknot será lançado em 9 de agosto. O grupo ainda não revelou nenhum outro detalhe do disco, como tracklist ou arte da capa. Em outubro, o grupo quebrou o hiato de inéditas com o single "All Out Life" (ouça aqui), que deve fazer parte do novo álbum.
O álbum mais recente da banda é .5: The Gray Chapter, lançado em 2014.

Fonte Omelete

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!