Saiba curiosidades e números que ilustram o Rock in Rio desde 1985 - Lully FM - La Profundidad 88.1

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Saiba curiosidades e números que ilustram o Rock in Rio desde 1985

Palco Mundo na Cidade do Rock
Nós da Lully FM estamos contando as horas, os minutos, tá bom, os segundos para a chegada do Rock in Rio! Também, tem dias melhores? São sete noites maravilhosas, as quais a mistura de alegria e emoção se juntam e quem disse que consegue tirar dos milhares de corações lá presentes.
A Lully FM está indo para o seu terceiro Rock in Ruo ao vivo da Cidade do Rock e já com uma certa bagagem nas costas, nossa emissora e profissionais que lá estarão, selecionaram alguns dos números e curiosidades do maior evento da música no planeta!

Confira:

Estreias gringas em palcos brasileiros

Ao longo de suas edições brasileiras, o Rock in Rio foi o responsável por promover a estreia de vários astros internacionais nos palcos daqui. Só na primeira edição, por exemplo, o evento trouxe Scorpions, Iron Maiden, Ozzy Osbourne, Yes, Rod Stewart e Whitesnake.
Na segunda edição, as principais "primeiras vezes em palcos brasileiros" ficaram por conta de Prince, Joe Cocker e Guns N' Roses. Já no Rock in Rio de 2001, a organização trouxe o lendário Neil Young e a extinta banda R.E.M..
Na edição passada, o evento "apresentou" os fãs brasileiros para o The Who. Neste ano, quem estreia por aqui é o rapper Drake.

Números da edição 2019

A área do Parque Olímpico do Rio de Janeiro (RJ), local do evento, terá 385 mil m², ou seja, 60 mil m² a mais do que a edição de 2017. Espaço não vai faltar! Serão 6 palcos no Rock in Rio 2019: Mundo, Sunset, New Dance Order, Rock Street Asia, Rock District e Espaço Favela.
A edição de 2019 terá quase mil banheiros. Haverá um espaço de meio quilômetro, equivalente ao comprimento de quase cinco campos de futebol, para comprar comida, bebida e produtos especiais do evento.
Na edição de 2017, na cidade carioca, foram contratadas 20 mil pessoas para fazer tudo funcionar. Ao estimar pela área do evento de 2019, é provável que aproximadamente 23,7 mil trabalhadores precisem ser contratados para deixar tudo em ordem.

Públicos memoráveis

Ao longo de sua história, o Rock in Rio já recebeu  9,5 milhões de pessoas. Esse número é maior do que a população dos Emirados Árabes Unidos.
O maior público em números absolutos foi justamente do primeiro Rock in Rio, em 1985, que aconteceu em uma área de 250.000 m² em Jacarepaguá. 1,38 milhão de pessoas presenciaram o evento. Tá ligado no festival de Woodstock, que aconteceu em 1969? Pois bem, o RIR I foi mais de 3 vezes maior.
O dia 11 de janeiro de 1985, que teve Queen, Iron Maiden, Whitesnake, Baby Consuelo e Pepeu Gomes, Erasmo Carlos e Ney Matogrosso, levou nada menos que 300 mil pessoas à Cidade do Rock, número maior que a população atual de Palmas (TO). Naquele dia, com a música Desperta, América do Sul, Ney inaugurou o evento.

Exigências absurdas

As exigências dos artistas chegam a ser surreais, como você pode imaginar! Porém, listaremos aqui somente os pedidos mais inusitados.
Na primeira edição do evento, Freddie Mercury exigiu que o corredor até seu camarim estivesse totalmente livre. A medida determinava que os demais artistas, sobretudo os brasileiros, ficassem longe do campo de visão do vocalista. Ah, a majestade também gostava de encontrar seu saquê na exata temperatura de 20 graus.
No Rock in Rio II, em 1991, Prince pediu um camarim todo na cor púrpura. Para resolver o problema, a organização acendeu dezenas de velas vermelhas de sete dias. O astro também exigiu um corredor polonês, entre camarim e o palco, formado por 70 seguranças, que na hora que pisasse no Maracanã, todos deveriam virar de costas para ele.
Também no RIR II, o Guns fez uma série de exigências! A banda determinou que Poison não tocasse no evento, excluiu a pirotecnia do show do Judas Priest  e ainda "sugeriu" a presença do Faith No More no lineup.
Ainda na segunda edição, George Michael pediu 20 pratos de comida kosher lacrados e rezados por um rabino (detalhe: só um prato foi consumido). O artista também determinou que organização bancasse suas férias de 15 dias nas praias da Região dos Lagos, interior do RJ.
No Rock In Rio 2015, Katy Perry exigiu que a tirolesa não funcionasse durante sua apresentação. Ela também solicitou camarim decorado com temática francesa, cadeira de diretor com seu nome escrito, um funcionário exclusivo para lavar e picar seus legumes e silêncio absoluto antes de entrar no palco.
A questão da água também é bem levada a sério! Rihanna e Justin Timberlake, por exemplo, pediram água vulcânica da Indonésia. Por sua vez, o veterano Rod Stewart exigiu água mineral de uma determinada marca francesa.
Com base nos números e curiosidades acima, não é difícil entender que o Rock in Rio é realmente o maior festival de música do mundo. A edição 2019, conforme você viu aqui, é sold out! Com direito à "presença de Anitta", o evento já é histórico.
A festa vai rolar nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro, no Rio de Janeiro.  Mas e aí, querido amigo leitor? Você vai curtir algum show? Conta pra gente nos comentários
Fique por dentro das principais notícias de Entretenimento
Receba notificações
publicidade
publicidade
publicidade
Se você não vai ao Rock in Rio, esquenta não, a Lully FM transmite os shows ao vivo e na integra, direto da Cidade do Rock!!! Baixe nosso aplicativo na Play Store, é de graça!

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!