Grêmio e Athletico-PR fazem o segundo duelo das semifinais da Copa do Brasil - Lully FM - La Profundidad 88.1

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Grêmio e Athletico-PR fazem o segundo duelo das semifinais da Copa do Brasil

Grêmio x Athletico-PR
O frio de Porto Alegre, nesta quarta-feira, 14, não acanhará a torcida do Grêmio, que promete lotar a Arena e colocar muita pressão no Athletico-PR.
Além da torcida, tem pesado a força do tricolor gaúcho, que em mais um ano bem sucedido de Renato Portaluppi no comando da equipe, coloca o Grêmio nas principais decisões do futebol sul-americano. Do outro lado tem um Athletico feliz pela conquista de um título internacional, reconhecido pela FIFA, a Copa J. League/Conmebol no Japão, mas que sabe de suas limitações, ficou claro isso, nas oitavas de final da Libertadores, onde os curitibanos enfrentaram o Boca Juniors, e perderam as duas partidas, no Brasil e na Argentina.
Mas agora é outra situação. Grêmio tem foco total nos mata-mata em 2019, o Furacão também, parece estar focado na Copa do Brasil, deixando um tanto de lado o Brasileirão.
Com a primeira decisão em casa, o time gaúcho vai em busca de um resultado positivo em seus domínios. Para isso, conta com o apoio de seus torcedores e de uma excelente atuação do time. O presidente do clube, Romildo Bolzan Jr., em um pronunciamento na véspera da partida, pediu solidariedade e convocou o público tricolor para o duelo contra os paranaenses.
Com relação ao time, Renato Portaluppi deixa uma dúvida no ataque. André e Diego Tardelli disputavam a vaga de centroavante. No restante, a formação deve ter a mesma base que vem atuando nas últimas partidas.
Assim, o provável Grêmio tem: Paulo Victor; Leonardo Gomes, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre, Everton; André (Diego Tardelli).
O Athletico promove a volta dos titulares, poupados na derrota para o Botafogo, pelo Brasileirão. A única mudança em relação à vitória sobre o Shonan Bellmare, no Japão, pela J. League/Conmebol, será na zaga. Pedro Henrique não pode jogar por já ter defendido o Corinthians na Copa do Brasil deste ano. Com isso, o jovem Lucas Halter ganha nova chance entre os 11 – o zagueiro de 19 anos será o jogador mais novo em campo na semifinal. Além dessa mudança, Tiago Nunes tem uma dúvida. Bruno Nazário, Nikão e Marcelo Cirino disputam duas vagas no setor ofensivo.
Será um jogão, que vença que tiver mais competência!

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!