JARDS MACALÉ PRESTIGIA FESTIVAL LEVADA 2019 - Lully FM - La Profundidad 88.1

quinta-feira, 1 de agosto de 2019

JARDS MACALÉ PRESTIGIA FESTIVAL LEVADA 2019

Foto: Júlia Rodrigues
Importantíssimo para divulgar a música que anda sendo feita por todo o Brasil, o Festival Levada 2019 chega à sua 8ª edição dizendo a que veio: abre a programação no dia 2 de agosto com a cantora Aíla. A paraense retorna aos palcos do festival, que a levou a trilhar novos caminhos, com temas como feminismo e questões de gênero. No dia 6 de setembro um nome de peso que serve de modelo para esses novos independentes: o genial Jards Macalé mostrará o seu mais recente trabalho, “Besta fera”, e lança a versão em vinil. Em setembro, é a vez do Levada + com gravações ao vivo gratuitas no estúdio do LabSonica, no Lab Oi Futuro. Patrocinado pela Oi, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio de Janeiro (Lei do ICMS-RJ) e da Lei Municipal de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro (Lei do ISS) e com o apoio do Oi Futuro, o festival tem direção geral de Júlio Zucca e curadoria de Jorge Lz, DJ, radialista e pesquisador.
"O Festival Levada foi criado para o Oi Futuro há sete anos e nasceu alinhado com a nossa visão de fomentar a inovação no campo do som e dar voz a uma novíssima geração de artistas de todas as regiões do país. O projeto funciona como uma importante plataforma de mapeamento de talentos e segue reverberando o propósito do Oi Futuro, que é atuar como um catalisador criativo, impulsionando pessoas através das artes e estimulando a produção colaborativa e abraçando a cidade por meio da cultura", diz Roberto Guimarães, gestor de Cultura do Oi Futuro.
A 8ª edição do Festival Levada traz outros nomes de peso e repercussão nacional, como Mombojó, JosyAra, Ronei Jorge e The Baggios, e atrações de diversos pontos do país apresentando-se em três palcos da cidade: Teatro Firjan Sesi (Centro), Centro da Música Carioca Artur da Távola (Tijuca) e LabSonica Oi Futuro (Flamengo), onde vai rolar o Levada+, sucesso de público no ano passado e que, para 2019, traz Livia Nery, Bia Ferreira, Ana Frango Elétrico e Lucas Estrela.

Visibilidade para nomes da música independente

Em sete anos consecutivos, o Levada apresentou mais de 100 artistas e atraiu um público de mais de 12 mil pessoas. Já passaram pelo festival nomes como Letrux, BaianaSystem, Metá Metá, Anelis Assumpção, Ava Rocha, Curumin, Vanguart, Boogarins, Kassin, Pietá, Carne Doce, Ian Ramil e Maria Beraldo.

“O Festival Levada tem os holofotes voltados para artistas independentes com carreiras em forte ascensão pelo Brasil”, destaca Julio Zucca, sócio da Zucca Produções e diretor geral do evento.

O curador Jorge Lz faz um interessante recorte do que está acontecendo na música popular brasileira contemporânea. Ele busca constantemente estreantes, mas também bota os olhos em artistas com alguma estrada ou mesmo consagrados, desde que estejam realizando trabalhos instigantes, provocativos e afinados com o novo cenário musical brasileiro.

“A força feminina está em constante ascensão, e isso está refletido com a presença de sete mulheres entre as 12 atrações pinçadas para o Festival Levada. Teremos Bia Ferreira, Josyara, Livia Nery, Ana Frango Elétrico, Luiza Brina, Delia Fischer e Aíla. No lado masculino, traremos Ronei Jorge, Lucas Estrela e o fundamental Jards Macalé brinda o público com o show de lançamento do vinil ‘Besta Fera’, disco lançado esse ano e já aclamado nos quatro cantos do país. Serão dois meses com uma trilha sonora diversa e espetacular, que só a música popular brasileira pode proporcionar”, celebra o curador.
LEVADA +
O evento, que fecha o Festival Levada 2019, abre espaço para quatro artistas em um formato totalmente inédito, inaugurado na edição de 2018. Com entrada e bebida gratuitas e clima intimista, os músicos se apresentam dentro de um estúdio com paredes de vidro e total interação com o público do lado de fora. Gravado ao vivo e transmitido pela internet, o Levada + fez tanto sucesso em sua estreia no ano passado que as reservas se esgotaram em poucos minutos.

Programação Festival Levada 

2 de agosto, 20h – sexta-feira (Teatro Firjan SESI/Centro)
Aíla: A cantora paraense de timbre marcante e intensa personalidade no palco faz no Festival Levada show que reúne sucessos dos discos "Trelelê" (2012) e "Em cada verso um contra-ataque" (2016), trabalho que a elevou a uma posição musical mais relevante, não só como artista, mas também como ativista política, que defende as bandeiras do feminismo e dos direitos LGTBI+. A participação no Levada é o início da turnê, que resultará em seu terceiro disco. Suas composições trazem referências que passeiam do brega ao pop, da guitarrada ao carimbó, da cúmbia ao zouk love. Em 2013, foi artista convidada do Prêmio da Música Brasileira, dividindo o palco com grandes ícones da música nacional, como João Bosco, Zélia Duncan e Adriana Calcanhotto. Sua turnê mais recente foi para a divulgação do espetáculo “O amor é brega”.

8 de agosto, 20h – quinta-feira (Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca)
Luiza Brina: Lançará no Festival Levada o seu terceiro disco, "Tenho saudade, mas já passou". A cantora, compositora e multi-instrumentista que recebeu prêmios pelo seu segundo álbum, “Tão Tá” (2017), então com o grupo O Liquidificador, tem verdadeiro amor pelos gestos e culturas populares tão próprios do Brasil. Luiza fez os arranjos de "Soltar os cavalos", de Julia Branco, disco produzido por Chico Neves. A artista também tem apreço e interesse pela música cubana. Assim, de um amontoado de cruzamentos de influências e culturas, nascem as canções da mineira radicada no Rio há dois anos e que, atualmente, integra as bandas Graveola, o grupo de canções de câmara Boreal e o Coletivo ANA, este formado apenas por mulheres.

9 de agosto, 20h – sexta-feira (Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca)
The Baggios: Lançará no Festival Levada o disco “Vulcão”, o seu quarto trabalho fonográfico. Criada em 2004, em Sergipe, a banda faz blues rock cheio de personalidade, possui timbres clássicos e mescla muito bem riffs blueseiros com o peso do rock setentista e a música brasileira. Formado por Julio Andrade (guitarra e voz) e Gabriel Carvalho (bateria), o grupo tem três álbuns, três EPs e um DVD ao vivo. Em 2010, ganhou o Prêmio Nacional da ARPUB com a música “Em outras”, do terceiro álbum, “Brutown”. Tem clipes veiculados em canais de música e críticas favoráveis em jornais brasileiros. Seus álbuns de estúdio marcaram presença em listas de “Melhores do Ano”, e a música “Sem condição” foi eleita pela revista Rolling Stone como uma das melhores de 2013. Em 2016, foi uma das atrações do Festival Lollapalooza.

15 de agosto, 20h – quinta-feira (Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca)
JosyAra: A cantora, compositora e instrumentista nascida em Juazeiro, na Bahia, mas radicada em São Paulo, lançará no Festival Levada o disco “Mansa fúria”. A artista carrega a paisagem dos lugares por onde passa e aspectos que reforçam suas raízes ribeirinhas e suas conexões com o mundo. O disco consiste em músicas autorais apresentadas no formato voz e violão, e tem influência de Gal Costa, Chico César, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Cátia de França e Belchior. O álbum reúne 11 composições de sua autoria e uma em parceria com a cantora paraense Luê. Instigante disco de repertório autoral.

16 de agosto, 20h – sexta-feira (Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca)
Ronei Jorge: Cantor e compositor baiano, Ronei Jorge é um dos mais respeitados nomes da música pop contemporânea soteropolitana, representante de um sólido movimento independente que mantém o estado como uma referência inventiva e frutífera para a cena nacional. Ele se apresenta pela primeira vez em show solo no Rio no Festival Levada com o lançamento do disco “Entrevista”. Em mais de 20 anos de carreira, consagrou suas canções à frente de bandas, projetos artísticos, trilhas para teatro e cinema, diversos festivais e shows em todo o Brasil, conquistando público fiel e reconhecimento da crítica especializada.

22 e 23 de agosto, 20h – quinta e sexta-feira (Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca)
Delia Fischer: Compositora, cantora, pianista e arranjadora com prêmios relevantes ganhos como diretora musical e arranjadora, Delia lança no Festival Levada seu quarto disco solo, “Tempo mínimo”. Em 2007, Delia fez as orquestrações de peças como “7 - O musical”, de Ed Motta, Claudio Botelho e Charles Möeller. Em 2010, assinou a direção musical do espetáculo “Era no tempo do rei”, com composições de Carlos Lyra e Aldir Blanc e direção de João Fonseca. Já em 2013 fez os arranjos e a direção musical do show “Tributo a Raul Seixas” da banda Detonautas Roque Clube para o Rock in Rio, com participação de Zélia Duncan e Zeca Baleiro. Em 2014, assinou a direção musical de “Chacrinha, O Musical”, dirigido por Andrucha Waddington, com texto de Pedro Bial. Em 2018, Delia recebeu o prêmio em New York no IMA The Independent Music Awards pelo single “Mercado” e fez a direção musical e os arranjos do novo show "Simone encontra Ivan Lins".

29 e 30 de agosto, 20h – quinta e sexta-feira (Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca)
Mombojó: No Festival Levada 2019, o grupo lança o vinil comemorativo pelos 15 anos do primeiro disco: “nadadenovo”. Composto por nove músicas, o álbum é também um material virtual, disponível para baixar no site da banda (www.mombojo.com.br). Expoente da geração pós-manguebeat de Pernambuco, o Mombojó está vivendo nova fase de trabalho com seus integrantes: Felipe S (voz e guitarra), Chiquinho (synth e sampler), Marcelo Machado (guitarra), Missionário José (baixo) e Vicente Machado (bateria e sampler). Veterano da música independente, o grupo recifense passou o ano de 2018 lançando uma música por mês dentro do projeto MMBJ12, uma delas, “Nunca vai embora”, contou com a participação do cantor Lenine, premiado recentemente com um Grammy Latino.

6 de setembro, 20h – sexta-feira (Teatro Firjan SESI/Centro)
Jards Macalé: O cantor, compositor e músico carioca representa um ganho musical e cultural para o público do Levada. Ele fecha a série de shows antes do Levada+ com o lançamento da versão em vinil do elogiado "Besta fera" no Teatro Firjan SESI. Conectado com seu novo trabalho, o álbum tem 12 músicas inéditas que dialogam as luzes e as trevas em uma aura punk. A direção musical é do próprio Macalé. Lançado em fevereiro nas plataformas digitais e em CD, será no Festival Levada que Jards lançará a versão em vinil.

LEVADA+
LABSONICA OI FUTURO - FLAMENGO
19 de setembro – quinta-feira, 19h30 (Estúdio do LabSonica, no Lab Oi Futuro)
Livia Nery: Apresenta no Levada+ o show de lançamento do disco “Estranha Melodia”. Cantora, compositora e instrumentista baiana, Livia foi muito elogiada pela crítica musical pela mistura do orgânico com eletrônico em seus trabalhos. Seu primeiro disco tem produção de Curumin, artista que brilhou no Festival Levada 2017.

20 de setembro – sexta-feira, 19h30 (E
stúdio do LabSonica, no Lab Oi Futuro)
Bia Ferreira: Cantora, compositora e violonista paulistana, Bia chama a atenção não só pela excelente performance, mas também pelo poderoso discurso político e social de suas letras. Apresentará no Levada+ o show de lançamento de seu primeiro disco, "Um Chamado".

26 de setembro – quinta-feira, 19h30 (Estúdio do LabSonica, no Lab Oi Futuro)
Ana Frango Elétrico: Apresenta no Levada+ o show de lançamento de seu segundo disco, “Little Eletric Chicken Heart”. A cantora, compositora e instrumentista carioca vem chamando a atenção e já é um dos destaques da cena independente da cidade por conta de seu primeiro disco, “Mormaço queima” (2018).

27 de setembro – sexta-feira, 19h30 (E
stúdio do LabSonica, no Lab Oi Futuro)
Lucas Estrela: Guitarrista e compositor paraense, Lucas é considerado um dos principais nomes da nova geração de músicos do Pará. Esteve no Festival Levada 2017 acompanhando a cantora paraense Juliana Sinimbú. Ainda esse ano, ele participará do Rock in Rio. Apresenta no Levada+, pela primeira vez no Rio de Janeiro, o show de lançamento de seu primeiro disco, "Farol".


LINE UP DO FESTIVAL LEVADA
Quintas e sextas – 20h
2/8 - Aíla - Teatro Firjan SESI/Centro
8/8 - Luiza Brina - Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca
9/8 - The Bagios - Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca
15/8 - Josyara - Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca
16/8 - Ronei Jorge - Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca
22 e 23/8 - Delia Fischer - Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca
29 e 30/8 - Mombojó - Centro da Música Carioca Artur da Távola /Tijuca
6/9 - Jards Macalé - Teatro Firjan SESI/Centro

LEVADA +
Quintas e sextas – 19h30
19/9 - Livia Nery - LabSonica
20/9 - Bia Ferreira- LabSonica
26/9 - Ana Frango Elétrico- LabSonica
27/9 - Lucas Estrela- LabSonicaEVADA+ONICAIFUTURO - FLAMENGO

Serviço
v  . Centro da Música Carioca Artur da Távola: Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca. Tel.: (21) 3238-3831. INGRESSOS: R$20,00 | R$10 (meia-entrada para estudantes, idosos, deficientes, menores de 21, professores do Município do RJ e moradores do bairro mediante a apresentação de comprovante de residência.) BILHETERIA: quarta-feira a sábado das 14 às 20h e domingos das 14h às 17h. Pagamentos na bilheteria: somente em dinheiro. CAPACIDADE: 159 + 2 cadeirantes. Classificação: 16 anos
v  .Teatro Firjan SESI/Centro: Av. Graça Aranha, 1 – Centro. Tel.: (21) 2563-4164 INGRESSOS: R$20,00 | R$10 (meia-entrada para estudantes, idosos, deficientes, menores de 21, professores do Município do RJ). BILHETERIA: de segunda a sexta, de 11h30 às 19h30. Sábados, domingos e feriados, sempre 2h antes do evento. Venda antecipada online pelo ingressorapido.com.br Pagamentos na bilheteria: dinheiro e cartão de débito. CAPACIDADE: 338. Classificação: 16 anos.

v  . Estúdio LabSonica, no Lab Oi Futuro) – Oi Futuro/Flamengo: Rua Dois de Dezembro, 107 – Flamengo
     INGRESSOS: Entrada gratuita por meio de inscrição pelas redes sociais do festival
     LOTAÇÃO: 80 pessoas 
Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!