Of Monsters and Men tira trilha de 'Bohemian Rapsody' do topo após 41 semanas - Lully FM - La Profundidad 88.1

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Of Monsters and Men tira trilha de 'Bohemian Rapsody' do topo após 41 semanas

Of Monsters and Men
Ragnar "Raggi" Þórhallsson usou mais de dez vezes a expressão "feliz" e suas derivações para falar de "Fever Dream", o novo disco da Of Monsters and Men. Na entrevista ao G1, o vocalista da banda islandesa parece bem animado. Mesmo.
E isso foi antes de "Fever Dream" chegar o topo da Billboard no ranking de álbuns de rock, na semana passada. O disco tirou a trilha de "Bohemian Rapsody" após 41 semanas no primeiro lugar.
Raggi diz que gosta tanto de estar em turnê que garante: dorme melhor no ônibus do que em casa. Mas logo muda de ideia, rindo: "Talvez eu precise comprar uma cama mais confortável".
Liderado por Raggi e Nanna Bryndís Hilmarsdóttir, o quinteto apresentou o terceiro disco no final de julho, com uma sonoridade mais pop. O som faz lembrar o maior hit da banda, "Little Talks".
Pela primeira vez, as canções foram feitas no computador de Raggi e Nanna, logo após o fim da última turnê em 2016.
"A gente tentou captar os conselhos despreocupados e a felicidade do primeiro álbum. A meta era fazer algo que parecesse divertido para nós", conta o vocalista.
"É tão divertido ficar nervoso para tocar uma música nova… Depois você toca as antigas, sente que é fácil, mas é bom saber que algo pode te desafiar. É diferente, mas muito divertido".

Pressão por uma nova "Little Talks"?

É com muita tranquilidade que Raggi fala sobre o maior sucesso da banda. Lançado em 2012, ele tem mais de 273 milhões de views no YouTube. "'Little Talks' é apenas uma música na hora certa, no lugar certo. Era o que as pessoas queriam ouvir naquele momento."
"É difícil escrever uma música esperando que ela vá tão longe, mas é sempre uma boa surpresa quando acontece. Só não acho que temos como prever isso".
Nanna já andou dizendo que uma das metas da banda é não se repetir. O que vai ficando cada vez mais complicado após quase 10 anos de banda. Como, então, fazer isso?
"Se você está escrevendo e parece chato, ao invés de empolgante, você pode estar se repetindo. Tem que ser excitante para você", conta o cantor."Se parece que você está fazendo isso por outra pessoa ou porque funcionou no passado fica chato…", afirma.
"Você consegue ouvir o pop do primeiro álbum sendo desenvolvido", afirma. "Não é totalmente novo, mas é novo o suficiente para nós".
Raggi diz que suas letras são como uma "documentação" do que aconteceu na vida dele nos últimos três ou quatro anos:
"Quanto mais você escreve música, mais você fica confortável em compartilhar mais e mais." Ele define o novo álbum como "muito honesto e sincero”.

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!