Conheça os sinais precoces do AVC - Lully FM - La Profundidad 88.1

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Conheça os sinais precoces do AVC

AVC
O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é caracterizado pela obstrução total ou rompimento dos vasos sanguíneos do sistema nervoso. Além de ser considerada a principal condição que deixa as pessoas incapacitadas em todo o mundo, é uma das maiores causas de mortes no Brasil e, dentre os pacientes que não morrem, 70% sofrem com sequelas do problema.
Existem dois tipos de AVC mais comuns, o isquêmico e o hemorrágico. O primeiro, também chamado de derrame, ocorre quando há uma obstrução arterial que impede a chegada de sangue e, portanto, oxigênio a diferentes regiões do cérebro, causando a morte dos neurônios.
O AVC hemorrágico é caracterizado pela hemorragia resultante da ruptura de um vaso no cérebro e causado, principalmente, por pressão alta e distúrbios que fragilizam as artérias cerebrais e do encéfalo.

Sintomas precoces de um AVC

Os dois tipos de AVC podem deixar sequelas e, por isso, prestar atenção aos sintomas da condição considerada silenciosa é de extrema importância. De acordo com Carlos Bosco Marx, neurologista do Hospital Sepaco, entre os sinais mais comuns e precoces de AVC estão:

  • Fraqueza ou formigamento na face
  • Fraqueza ou formigamento no braço ou na perna e em um lado do corpo
  • Confusão mental
  • Alteração da fala ou compreensão da linguagem
  • Alterações visuais (perda súbita/escurecimento visual)
  • Alteração do equilíbrio
  • Perda de coordenação motora
  • Tonturas
  • Dor de cabeça súbita e intensa, sem causa aparente
Ao sentir qualquer um desses sintomas, o paciente deve anotar o horário em que começaram e procurar imediatamente ajuda médica, orienta o neurologista. Se houver rapidez no atendimento inicial, é possível utilizar um medicamento para dissolver o coágulo que obstrui a artéria cerebral causadora dos sinais, garantindo boa recuperação neurológica com baixo índice de sequelas.
Os fatores de risco que podem ser facilitadores para um AVC são doença vascular periférica, doenças cardíacas, tabagismo, hipertensão arterial, diabetes, sedentarismo, colesterol alto, uso de anticoncepcionais, álcool e drogas ilícitas. De acordo com o especialista, o controle desses fatores pode diminuir a probabilidade de uma pessoa ter um AVC e suas complicações.

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!