"Casa do terror" paga R$ 80 mil a quem completar desafio: ninguém conseguiu ainda
  • "Casa do terror" paga R$ 80 mil a quem completar desafio: ninguém conseguiu ainda

    Foto: Vladimir Mulder/Shutterstock
    As "casas de terror" são atrações bem populares na época do Dia das Bruxas, mas raramente elas conseguem ser verdadeiramente apavorantes - ao menos o suficiente para impressionar uma geração que já viu de tudo. Mas com a Casa Mackamey Manor, nos Estados Unidos, é diferente: o lugar é tão horrível que ninguém nunca conseguiu concluir o desafio de passar por ela.


    Chamada de "Desolation", a propriedade pertence ao americano Russ Mckamey e ele confia tanto em sua criação que oferece dinheiro aos visitantes que conseguirem terminar o desafio - e até hoje ninguém levou para casa o prêmio de 20 mil dólares (cerca de R$ 80 mil).


    O que tem na casa?

    A proposta da Mckamey Manor é oferecer ao visitante uma experiência em que ele precise lutar pela própria sobrevivência. Para tornar a sensação de perigo o mais próxima do real possível, os atores, por exemplo, têm permissão para tocar nos participantes e fazer qualquer coisa que os perturbem.
    Assim, a mansão é desenhada para levar ao limite da tensão física e mental, o que inclui perseguições, "torturas", sensação de frio, calor, umidade extrema, entre outros recursos.
    Quem quiser visitar a casa precisa assinar um termo de autorização praticamente liberando todas essas "torturas" e os termos são bem específicos e fazem exigências ao visitante.

    Estas são as principais:

    É obrigatório ter mais de 21 anos.
    São necessárias avaliações físicas e mentais completas, em que o médico ateste plenas capacidades do visitante.
    Um exame antidoping é feito antes da entrada na mansão.
    Há um contrato de 40 páginas especificando tudo o que visitante vai encontrar na casa.
    Os atores podem tocar no visitante, mas o contrário é terminantemente proibido.

    Reprodutor de vídeo de: YouTube (Política de Privacidade)
    Antes de entrar na casa, os visitantes assistem ao filme, que constantemente tenta persuadi-los a desistir da ideia e pergunta: "Você tem certeza de que quer fazer isso?". Os organizadores explicam que não é uma experiência fácil e que não se responsabilizam por possíveis traumas e sequelas psicológicas.

    Para ser ainda mais desesperadora, a casa não permite que grupos grandes entrem juntos: são permitidas no máximo duas pessoas por vez, mas a recomendação é de que o visitante entre sozinho.

    Você teria coragem?

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!


    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail