Jogadores farão protesto contra a Blizzard na BlizzCon 2019 - Lully FM - La Profundidad 88.1

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Jogadores farão protesto contra a Blizzard na BlizzCon 2019

Blizzard
Neste mês, a Blizzard decidiu banir um jogador profissional de Hearthstone por ter se colocado a favor de manifestantes nos protestos que estão acontecendo em Hong Kong. Entretanto, parte da comunidade não reagiu muito bem a isso, e está organizando um protesto contra a produtora durante a BlizzCon 2019.
Inicialmente a ideia da produtora era banir o jogador por um ano e não repassar o dinheiro que ele receberia do Grandmasters. Após alguns protestos a Blizzard decidiu diminuir esse período para seis meses e entregar o prêmio normalmente, mas isso não foi o bastante para impedir a realização do Gamers For Freedom.

Liberdade para os jogadores

O Gamers For Freedom foi organizado pelo grupo Fight for the Future, e há uma petição online para que os jogadores assinem pedindo pela liberdade de expressão “na América, Hong Kong, China e em todos lugares onde jogamos”.
Além disso, o grupo pede para que os que se manifestarem contra a empresa levem um guarda-chuva, símbolo dos protestos em Hong Kong, para usar durante o evento da Blizzard. Essa manifestação vai acontecer durante todo o dia 1º de novembro, que é a data de abertura da BlizzCon 2019.
“Com jogadores e jornalistas de todo o mundo, a BlizzCon vai ser a oportunidade perfeita para mostrarmos à Blizzard quão importante é a liberdade. Traga um guarda-chuva (símbolo de liberdade em Hong Kong) e junte-se a nós no dia 1º de novembro para um dia de protestos com centenas de outros jogadores”, diz a mensagem publicada na página do Gamers For Freedom.

Mais manifestações

Além do Gamers For Freedom, Nathan “Admirable” Zamora, um dos comentaristas mais conhecidos no cenário competitivo de Hearthstone, também se colocou contra a atitude Blizzard. Em seu perfil oficial no Twitter, ele anunciou que não vai realizar nenhuma participação nas partidas oficiais que acontecem neste ano, bem como sua ausência na BlizzCon como forma de protesto.


Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte Voxel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!