Belfort aceita desafio de Wanderlei Silva, mas exige uso de luvas em possível luta - Lully FM - La Profundidad 88.1

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Belfort aceita desafio de Wanderlei Silva, mas exige uso de luvas em possível luta

Foto: Diego Ribas 
A rivalidade entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva começou em 1998, quando o ‘Fenômeno’ nocauteou o compatriota em apenas 44 segundos, na primeira edição do UFC no Brasil, que foi realizada em São Paulo. No entanto, após 21 anos o ‘Cachorro Louco’ ainda sonha com uma revanche, tanto que recentemente chamou o carioca para enfrentá-lo no Bare Knucke FC, um evento de boxe sem luvas. E este desafio não passou despercebido e foi respondido.
Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, Belfort não pestanejou em aceitar o duelo contra Wanderlei, mas fez uma ressalva: não pretende competir sem luvas e estima que esse duelo ocorra no ONE Championship. Apesar de não ter se apresentado no show, o ex-campeão do UFC integra o elenco da franquia asiáticadesde o final do ano passado.
“Tudo é possível naquele que crer, principalmente aqueles que querem. Tenho interesse sim e já aviso logo que gostaria de realizar isso no ONE, mas com luvas porque a gente tem que evoluir e nunca retroceder”, afirmou.
Com a possibilidade de um segundo confronto diante de Wanderlei em aberto, Vitor fez uma reflexão sobre as mudanças que o MMA passou do tempo que ele encarou o compatriota para os momentos atuais. De acordo com o ‘Fenômeno’, nos primórdios da modalidade o atleta pensava em sua evolução, sem escolher adversários para chegar ao topo. Já atualmente, os competidores apenas buscam o ‘trash talk’ e evitam desafios maiores.
“Os tempos são outros, os donos da organizações são outros e acho que o promotor visa o que é bom para os donos dos eventos e não para a evolução do esporte. Com isso, a maneira que o atleta visa o crescimento na empresa é promovendo lutas com a boca e escolhendo aquelas que irão colocá-lo em um cartel sem derrotas diferente da geração que fundou o esporte, que visava o desafio de lutar com os melhores mesmo não recebendo aquilo de deveriam”, completou o ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do Ultimate.
Em maio de 2018, Vitor Belfort anunciava que estava pendurando as luvas, após um revés para Lyoto Machida, no UFC Rio 10. Porém, meses depois, o brasileiro aceitou o desafio de voltar a lutar e fechou contrato com o ONE Championship.

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte AgFight

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!