Assista aos melhores momentos do Festival ‘One World: Together At Home’
  • Assista aos melhores momentos do Festival ‘One World: Together At Home’

    Paul McCartney cantou ‘Lady Madonna’
    Centenas de artistas se reuniram virtualmente neste sábado, 18, das 15h às 23h, para o evento One World: Together At Home, em uma transmissão com curadoria de Lady Gaga. O objetivo da transmissão foi alertar sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar a contaminação pelo Covid-19, como medidas de distanciamento social e lavar as mãos, além de homenagear os profissionais de saúde que estão na linha de frente do tratamento às vítimas.
    O evento foi aberto com um pré-show de artistas como Andra Day, The Killers, Jennifer Hudson, Niall Horan, Adam Lambert, Rita Ora, Jack Johnson, Sheryl Crown, Michael Bublé, Billy Ray Cyrus, Kesha, Luis Fonsi, entre outros.
    A partir das 21h entraram em cena os artistas principais. A abertura ficou por conta de Lady Gaga, que cantou a música Smile, seguido por Stevie Wonder, que homenageou o cantor Bill Withers, morto recentemente, tocando Lean on Me, música que se tornou uma espécie de hino da resistência ao coronavírus.
    Paul McCartney homenageou sua mãe Mary, que era enfermeira e parteira depois da Segunda Guerra Mundial, e todos os profissionais de saúde. O cantor disse entender os desafios dos médicos e enfermeiros enquanto exibia fotos das pessoas que estão na linha de frente ao combate da doença ao redor do mundo. “Nós amamos vocês”, disse. Sozinho na sala de casa, o ex-beatle cantou e tocou ao piana Lady Madonna.
    Em seguida, sir Elton John tocou ao piano um de seus maiores sucessos, I’m Still Standing. Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam tocou no piano a música River Cross, do novo disco, Gigaton.
    Uma das participações mais divertidas foi a dos Rolling Stones, que apresentaram You Can’t Always Get What You Want. A banda dividiu a tela em quatro partes com uma câmera para cada integrante Mick Jagger, Keith Richards, Ron Wood e Charlie Watts foram surgindo um a um. Watts foi o último a aparecer e surpreendeu o público tocando uma bateria imaginária.



    A transmissão contou com a participação surpresa de Beyoncé que deixou uma mensagem aos heróis que estão na linha de frente e destacou que os afro-americanos, que estão sendo os mais afetados. “Os afro-americanos representam uma grande porcentagem nessa força de trabalho e têm sido afetados. Esse vírus está matando pessoas negras. Cerca de 57% dos casos fatais dentro das cidades são de pessoas afro-americanas. Por favor, se cuidem. Precisamos de suas vozes, suas forças. Tenham paciência, fé, força. Vamos rezar por nossos heróis.”
    Taylor Swift foi uma das últimas a se apresentar em uma performance para lá de emotiva. A cantora interpretou Soon You’ll Get Better, de seu disco mais recente, Lover. A música foi composta para falar da luta contra o câncer de sua mãe, Andrea Swift.
    A emoção continuou até o fim, quando Andrea Bocelli, Celine Dion, John Legend, Lady Gaga e Lang Lang encerraram a transmissão com a faixa The Prayer, com cada artista cantando de suas casas.
    Por serem apresentações caseiras e espontâneas, os fãs se depararam com cenas inusitadas, como a cama desarrumada de Charlie Puth e uma improvável coleção de bonés de Matthew McConaughey.
    Cada apresentação foi entremeada com depoimentos de médicos, relatos de pessoas que se curaram, dicas para evitar a contaminação e vídeos inspiradores de ações ao redor do mundo para mitigar os efeitos do isolamento social.

    Assista ao show:



    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Fonte Revista Veja

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail