Don Cheadle teve duas horas para decidir se aceitaria ser Máquina de Combate nos cinemas
  • Don Cheadle teve duas horas para decidir se aceitaria ser Máquina de Combate nos cinemas

    Homem de Ferro e Máquina de Combate
    Don Cheadle teve duas horas para decidir se aceitaria papel de Máquina de Combate em Homem de Ferro 2. Em entrevista ao A.V. Club, o astro relembrou que chegou a ter reuniões para interpretar o coronel James Rhodes, o melhor amigo do Homem de Ferro, no primeiro filme, mas acabou perdendo o papel para Terrence Howard:

    “No início eu tive reuniões sobre o papel, e haviam produtores que queriam a mim e outros que queriam Terrence Howard. A voz mais poderosa na sala ganhou, e Terrence ficou com ele, o que foi ótimo. Acho que ele estava ótimo no primeiro. Então aconteceram algumas coisas nos bastidores, que estão bem-documentadas, e ele não estava mais no papel, então me ligaram”.

    Ele se referiu aos problemas nos bastidores do primeiro Homem de Ferro, em que o diretor Jon Favreau teria ficado insatisfeito tanto com a atuação de Howard, quanto com sua postura arrogante. No fim, o ator acabou cortado da sequência, o que levou a Marvel a entrar em contato com Don Cheadle, que estava no aniversário do seu filho.
    Na ligação, os executivos do estúdio deixaram claro que tinham um plano a longo prazo para Rhodey, já que falaram sobre o MCU como um projeto de “11 ou 12 anos”. Assustado pela proposta repentina, Cheadle não teve muito tempo para pensar. “Bom, nós precisamos saber, porque se você não disser sim teremos que ir atrás da próxima pessoa. Então você tem 1 hora”.
    Hoje a escolha pode parecer óbvia, já que o personagem apareceu não apenas nos filmes do Homem de Ferro, mas também em Capitão América: Guerra Civil e nos Vingadores. Porém, na época o ator não estava muito familiarizado com o MCU. “Uma hora para decidir 12 anos e um papel com personagens que eu nem conheço em filmes que estão sendo feitos sem que eu tenha ideia do que serão”.

    O ator então tentou ganhar mais tempo por estar numa festa de aniversário de seu filho, mas não adiantou muito. “‘Ah, então você tem 2 horas’. Quanta generosidade”. Após conversar com sua esposa, que o encorajou com a escala dos filmes, que seriam diferentes de tudo o que Cheadle já havia feito até então.
    Questionado se ele teria alguma ideia sobre o impacto dessa escolha, o astro foi realista: “Acho que honestamente ninguém tinha. Eu sei que eles tinham um plano, mas acreditar que ele seria executável e que conseguiríamos sustentá-lo por tanto tempo, ninguém previu”.
    O último filme em que Don Cheadle viveu o Máquina de Combate foi Vingadores: Ultimato, sequência de Guerra Infinita, que superou Avatar e se tornou a maior bilheteria de todos os tempos. Agora, a Marvel tem cinco das dez maiores bilheterias da história. Entre os outros longas estão também Vingadores: Guerra Infinita em 5º lugar e Os Vingadores em 7º - confira as 10 maiores bilheterias.

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Fonte Omelete

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail