Manifestantes pró-Bolsonaro promovem ataques contra repórteres da Globo
  • Manifestantes pró-Bolsonaro promovem ataques contra repórteres da Globo

    Agressões viram cotidiano da reportagem da Globo
    Entre todas as emissoras de TV, a Globo foi a mais atingida por ataques desde a eleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Com a pandemia da Covid-19, o relacionamento do canal com os manifestantes piorou. No último mês, uma série de atentados contra repórteres carregando a marca da casa se tornaram frequentes nas ruas.
    Os embates de manifestantes pró-Bolsonaro contra a emissora ganharam força em todo o país. Houve casos registrados no Espírito Santo, Minas Gerais e Bahia. Os mais pesados foram registrados no Rio de Janeiro e em São Paulo, que além de palavras de ordem contra a Globo, os profissionais foram proibidos de trabalhar.
    Um dos mais graves aconteceu na porta de um hospital na cidade de SP. Renato Peters conversava com César Tralli ao vivo no SP1 quando uma mulher surgiu na tela, tomou o microfone do jornalista e começou a gritar contra o trabalho da emissora e a favor do “capitão”. “A Globo é um lixo! O Bolsonaro tem razão!”, esbravejou.
    Outro caso grave ocorreu no Rio de Janeiro, quando um repórter foi hostilizado e censurado por comerciantes que protestaram contra o fechamento do comércio no Camelódromo. “Nós cobrimos vocês o tempo todo aqui, não é certo você ameaçar a gente”, defendeu o contratado do canal carioca.
    Andrea Silva, da TV Bahia, foi seguida por um homem que questionava o fato dela poder trabalhar e a população ter que ficar em casa, respeitando o isolamento social. Desinformado, ele não se ateve ao fato de que o Decreto 10.288, publicado no dia 22 de março, garante a imprensa como serviço essencial.
    Do governo, o combate contra os ataques à imprensa é nulo. Isso porque vem de lá as maiores e mais irresponsáveis ofensivas contra o trabalho feito por jornalistas de sites, jornais, revistas, emissoras de rádio e canais de TV.

    Opinião: A TV Globo não tem culpa do alastramento do COVID-19, a TV Globo não tem culpa da irresponsabilidade do atual governo, perante o povo pobre e braçal do país. A Globo tem muita culpa no cartório em vários assuntos, mas dessa vez, claro que as vezes tendenciosamente, no entanto, tem feito um trabalho jornalisticamente quase perfeito de apuração e esclarecimento dos fatos a quem precisa saber a verdade, o Grupo Lully FM parabeniza e presta seu apoio a todos os profissionais dessa e das demais equipes de jornalismo que estão a campo, cobrindo tudo que rola nessa pandemia que parece não ter fim!

    Confira:



    Uma publicação compartilhada por Virei Jornalista (@vireijornalista) em


    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Fonte Rd1

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail