Análise de um dos grandes clássicos dos Beatles - "Ticket To Ride"
  • Análise de um dos grandes clássicos dos Beatles - "Ticket To Ride"

    The Beatles
    Influentes para qualquer geração, as músicas dos Beatles fizeram várias expressões e palavras em inglês se tornarem mais populares pelo mundo.
    Clássicos como Let It Be, All You Need Is Love e Yellow Submarine viraram símbolos da cultura musical e estampam camisetas, chaveiros, canecas e até mesmo viram tatuagens.
    Mas hoje vamos falar sobre outro sucesso da banda, a canção Ticket To Ride. Lançada como single do disco Help!, a música era considerada por John Lennon uma das precursoras do heavy metal.
    Sua tradução parece ser bem óbvia, mas seu significado é bem mais curioso.

    Significado de Ticket To Ride

    Diferente do que pensamos, Ticket To Ride não fala sobre passagem de trem ou carteira de motorista, como muitos fãs imaginam. A verdade é que o título da música tem uma conotação bem mais sexual!
    Sim, isso mesmo! Nos anos 60, ride era uma das palavras usadas pelos jovens como gíria para transar. Além disso, a composição também faz referência a um cartão usado pelas garotas de programa de Hamburgo, cidade bastante visitada pelo grupo no início da carreira.
    Mas essa não é a única explicação para o título da canção. Bateu a curiosidade? Então vem com a gente e confira os significados de Ticket To Ride.

    As histórias por trás de Ticket To Ride

    Não faltam hipóteses e motivações que possam ter inspirado o nome da música, mas cada integrante conta uma versão diferente, o que deixa tudo ainda mais incrível.
    A mais conhecida delas tem um duplo sentido sexual. Quando ainda eram novos, os Beatles viajavam com frequência para Hamburgo, uma espécie de segunda casa da banda, onde se apresentavam nos clubes noturnos e passeavam pelos lugares mais movimentados da cidade.
    Entre os espaços frequentados pelo grupo estavam as zonas de prostituição e, nesse contato, descobriram uma coisa inusitada: antes de realizarem suas atividades, as garotas de programa entregavam aos clientes um cartão para provar que não possuíam nenhuma doença sexualmente transmissível.
    Quando soube desse atestado de saúde, John Lennon e seu sarcasmo entraram em ação. Ele deu ao cartão o nome de ticket to ride, que em livre tradução seria algo como licença para transar.
    Mas e a carteira de motorista? Essa é mais uma especulação, contudo bem mais inocente dos fatos. O motivo: o dia em que Lennon passou no teste de direção e ganhou sua licença para dirigir. Simples assim!
    Para saber qual faz mais sentido, só analisando a letra da música, não é mesmo?

    Análise da letra de Ticket To Ride

    I think I’m gonna be sad (Eu acho que vou ficar triste)
    I think it’s today (Eu acho que é hoje)
    Yeah (Sim)
    The girl that’s drivin’ me mad (A garota que está me deixando louco)
    Is goin’ away (Está indo embora)

    Contada pelo ponto de vista do homem, a música trata da história de um casal que está terminando o relacionamento, pois a mulher está indo embora para outro lugar.
    Pelo tom de despedida, dá para perceber que o narrador culpa a parceira pelo fim do namoro, já que ela o deixou apaixonado e agora está de mudança sem uma razão clara, como se ela fizesse isso apenas por diversão.

    She’s got a ticket to ride (Ela tem uma passagem para ir embora)
    She’s got a ticket to ride (Ela tem uma passagem para ir embora)
    She’s got a ticket to ride (Ela tem uma passagem para ir embora)
    But she don’t care (Mas ela não se importa)

    Considerando as versões sobre o significado da música, o coro permite diversas interpretações. A mais clara mostra que a partida dela é certa, pois a moça já comprou uma passagem de trem para viajar e não se importa em deixar seu namorado para trás.
    Mas no fundo, isso pode representar a metáfora para a mulher que quer aproveitar a liberdade sexual e está cansada de manter uma relação com uma mesma pessoa por muito tempo. Por isso, o ticket seria como um passe para ela ir curtir a vida.

    She said that livin’ with me (Ela disse que viver comigo)
    Was bringin’ her down (Deixava ela para baixo)
    Yeah (Sim)
    She would never be free (Que nunca seria livre)
    When I was around (Comigo por perto)

    Percebemos também aqui que a única pessoa feliz com o relacionamento era ele. Antes de partir, ela desabafa com o antigo amor, dizendo que a situação que eles vivam não a satisfazia mais e que ir embora era um passo de libertação.
    Dessa forma, a passagem é uma maneira de ela assumir o controle de suas decisões.
    A analogia de tirar a carteira de motorista também funciona bem nesse momento. Afinal, passar no teste de direção e ter uma licença para dirigir faz qualquer pessoa se sentir mais livre para seguir o destino a seu modo.

    I don’t know why she’s ridin’ so high (Eu não sei porque ela está tão contente)
    She ought to think twice (Ela devia pensar duas vezes)
    She ought to do right by me (Devia agir certo comigo)
    Before she gets to sayin’ goodbye (Antes de ela dizer adeus)
    She ought to think twice (Ela devia pensar duas vezes)
    She ought to do right by me (Devia agir certo comigo)

    Temos uma dor de cotovelo aqui, produção? Um padrão bem comum nas canções de amor marca presença aqui: o homem apaixonado e a mulher descolada, que brinca com os seus sentimentos e some da vida dele sem mais satisfações.
    Por outro lado, isso pode parecer um relacionamento abusivo, pois ela se sentia presa e triste ao lado de seu companheiro.
    Quando está solteira novamente, a garota está contente e livre, enquanto ele lamenta ter levado um pé na bunda. 😂

    My baby don’t care (Meu amor não liga)
    My baby don’t care (Meu amor não liga)
    My baby don’t care (Meu amor não liga)
    My baby don’t care (Meu amor não liga)

    Após repetir o coro e alternar as estrofes, os animados versos finais de Ticket To Ride mostram que a garota não guarda qualquer arrependimento de suas ações e realmente superou a velha paixão, aproveitando sua passagem para ter novas aventuras!

    Visão da banda sobre a canção

    Quando John Lennon foi compor a canção, ele lembrou do passado para nomear a música com humor e deixa um duplo sentido, fazendo o tal ticket ser representado como uma liberdade sexual.
    Já Paul McCartney tem uma outra visão para a inspiração do sucesso. Nela, a música se refere sobre alguém que está indo embora para a cidade de Ryde e já tem uma passagem comprada.
    Como ele e John haviam passado por esse lugar dias antes de escreverem a música, essa era a memória que estava mais fresca em sua mente, usando a viagem para criar um trocadilho para a canção.

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Fonte Mateus Pereira Silveirado Letras Mus

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail