"Se não voltar até o fim de setembro, a coisa complica", diz presidente do Internacional
  • "Se não voltar até o fim de setembro, a coisa complica", diz presidente do Internacional

    Marcelo Medeiros
    Apesar de o Inter ter retornado aos treinamentos há mais de duas semanas, a volta da disputa dos campeonatos ainda não tem previsão. Em entrevista ao programa Bola nas Costas, da Rádio Atlântida, o presidente do Inter, Marcelo Medeiros, afirmou que o clube, nas atuais circunstâncias, conseguirá se manter sem a bola rolar até o mês de setembro.
    — Existe uma sinalização de que o futebol pode voltar em meados de julho, começo de agosto. Temos fôlego para aguentar isso. Agora, se não voltar até o final de setembro, a coisa vai complicar. Quando essa pandemia começou, nossa área de finanças fez um desenho de três cenários que poderíamos enfrentar: otimista (paralisação de 30 dias), moderado (60 dias) e o pessimista (90 de dias ou mais). Já estamos entre o moderado e o pessimista, afirmou Medeiros.
    O presidente também falou sobre a negociação com os jogadores para a redução em 25% dos salários dos atletas.
    — Uma das primeiras medidas que tomamos foi o acordo para que os atletas deixassem de receber o percentual referente a imagem. Depois, precisamos demitir alguns funcionários. Após esses dois movimentos, o grupo nos procurou, disseram que queriam contribuir mais. Sentamos com eles e chegamos a um acordo. Todos os atletas do Inter participaram e deram sua contribuição. Tem atleta que vai receber metade do salário, revelou.

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    GaúchaZH

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail