David Gilmour lançará primeira canção inédita em 5 anos
  • David Gilmour lançará primeira canção inédita em 5 anos

    David Gilmour
    O músico David Gilmour, conhecido por seu trabalho com o Pink Floyd, anunciou que vai lançar sua primeira canção inédita em 5 anos, quando, em 2015, divulgou o álbum "Rattle That Lock". A faixa, intitulada "Yes, I Have Ghosts", vai fazer parte da versão em audiobook do livro "A Theatre for Dreamers", escrito por Polly Samson, esposa de Gilmour.
    A edição em audiobook de "A Theatre for Dreams" será lançada no dia 25 de junho, por meio da W.F. Howes, ainda sem previsão para uma versão nacional. Ao que tudo indica, na mesma data, a canção chegará a público.
    Segundo David Gilmour, o audiobook terá outras produções musicais inéditas dele. "O formato de audiobook tem um potencial bastante inexplorado e estou surpreso que outros músicos não tenham colaborado criativamente com autores, narradores e produtores de audiobooks pelo mundo. Esses dois mundos parecem se conectar perfeitamente e a música pode ajudar a dar vida aos audiobooks de formas inesperadamente novas", afirmou o músico, em comunicado divulgado pela revista "Prog".
    Na nota conjunta, Polly Samson contou, ainda, que a filha do casal, Romany, contribuiu com o registro trazendo vocais adicionais e harpa. "Queríamos explorar as possibilidades do formato e produzir algo novo e inovador. Ao colaborar com David - como fiz várias vezes ao longo dos últimos 30 anos, compondo músicas para o Pink Floyd e para álbuns solo dele -, pudemos juntar os mundos da literatura e da música para aprimorar a experiência narrativa e conectar com públicos de uma forma que não acho que tenha sido feito antes", disse a escritora.
    Vale lembrar que David Gilmour já vinha trabalhando em parceria com Polly Samson para divulgar "A Theatre for Dreamers". O músico participou de lives da escritora nas redes sociais em que ela fazia leitura de trechos do livro.
    A obra se passa na ilha grega de Hydra, em 1960, e o cantor Leonard Cohen, falecido em novembro de 2016, é um dos personagens, ainda em sua juventude. "1960. O mundo está dançando à beira da revolução. Na ilha grega de Hydra, vários poetas, pintores e músicos vivem vidas emaranhadas, comandadas pelos escritores Charmian Clift e George Johnston, os problemáticos rei e rainha da Bohemia. Neste círculo, há um triângulo: o escritor destrutivo Axel Jensen, sua esposa deslumbrante Marianne Ihlen e um jovem poeta canadense, Leonard Cohen", diz a sinopse.
    Em meio às referências a Leonard Cohen no livro, David Gilmour cantou e tocou músicas do artista, como "Bird on the Wire", "So Long Marianne", "Fingerprints" e "Hey, That's No Way to Say Goodbye".
    A ideia original era que David Gilmour saísse em turnê com Polly Samson, em um show que intercala trechos do livro com músicas tocadas pelo lendário ex-Pink Floyd. Porém, a pandemia do novo coronavírus interrompeu os planos do casal.

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Fonte Whiplash

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail