Regina Duarte perde chefia na Cinemateca, mas segue recebendo R$ 15 mil
  • Regina Duarte perde chefia na Cinemateca, mas segue recebendo R$ 15 mil

    Regina Duarte
    Regina Duarte segue sentada na cadeira de secretária especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro. A ex-atriz havia anunciado aos sete ventos sua saída da secretaria após ter sido frita pelo presidente, mas o órgão para qual foi indicada será fechado pelo Governo.
    Segundo informações do colunista Ricardo Feltrin, a partir da próxima segunda-feira (8) ela poderia fazer parte dos quase 13 milhões de desempregados do país, já que abriu mão de um contrato de 50 anos com a TV Globo para embarcar no Governo.
    Mas para sua sorte pessoas dentro do Ministério do Turismo, onde sua secretaria está lotada, estão trabalhando para que ela ganhe um cargo DAS (Direção e Assessoramento Superior), cujo rendimento gira em torno dos mesmos R$ 15 mil que ela recebe hoje.
    A diferença é que ela não teria obrigações ou uma função final, como tem como chefe da secretaria de cultura. Vale lembrar que Regina recebe cerca de R$ 7 mil de pensão alimentícia militar deixada por seu pai. Ele foi primeiro-tenente no Exército e morreu em 1981.
    O Governo Bolsonaro quer romper o contrato de gestão da Cinemateca Brasileira nas próximas semanas com a Fundação Roquete Pinto. Os cerca de 150 funcionários devem ser demitidos e o acervo, que data de antes da década de 40, poderia ser perdido.
    A prefeitura de São Paulo já manifestou interesse em absorver a entidade e gerir seu acervo.

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail