Conselheiro da Beija-Flor nega cancelamento do Carnaval 2021
  • Conselheiro da Beija-Flor nega cancelamento do Carnaval 2021

    Gabriel David
    Conselheiro da Beija-Flor, Gabriel David usou as redes sociais para desmentir a informação que as escolas de samba já teriam cancelado os desfiles de fevereiro de 2021. A notícia foi veiculada pelo colunista Ancelmo Gois, do O Globo.
    “Tem uma reunião na Liesa para setembro para decidir o futuro do Carnaval. Se existe uma reunião, é porque não tem nada decidido até então. Até o meados de setembro, a gente não sabe o que vai acontecer no mundo. A gente acompanha várias notícias de vacina e não sabemos qual o plano que a Liesa elaborou para isso. A gente afirmar agora que não vai ter Carnaval 2021 é tão absurdo quanto dizer que vai haver Carnaval em 2021”, disse.
    Segundo o colunista, a plenária da Liesa de setembro seria apenas para oficializar uma decisão já tomada internamente pelas agremiações do Grupo Especial. De acordo com Ancelmo, além da pandemia e de uma previsão incerta para a vacina contra a Covid-19, a falta de segurança sanitária, que impede a venda de ingressos, e o pouco tempo hábil até o Carnaval seriam motivos para o cancelamento dos desfiles em fevereiro.
    “Existem diversos eventos grandes confirmados no Brasil e no mundo com datas anteriores ao Carnaval. Não tem necessidade nenhuma da gente ficar falando agora se vai ter ou não Carnaval ano que vem. A gente tem que pensar que estamos no meio de uma pandemia e enaltecer as notícias positivas das escolas de samba, que estão se virando para ajudar as pessoas. O Carnaval tem que estar preocupado em produzir conteúdo a distância, para que o público que ama o Carnaval possa consumir”, justificou Gabriel.
    Não é de hoje que afirmamos que só sai desfiles havendo uma vacina para a Covid-19!
    Um mês depois, as escolas do Grupo Especial se reuniram em plenária da Liesa para tratar do caso. A posição tomada pelas agremiações foi de aguardar até setembro, para avaliar melhor a questão da pandemia e bater o martelo sobre os desfiles.
    Em entrevista ao final da reunião, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, afirmou que seria praticamente inviável transferir os desfiles para junho de 2021. Caso as apresentações na Avenida não aconteçam em fevereiro, tudo indica que Carnaval na Sapucaí, só em 2022.

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Fonte SRZD

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail