Itália tem menor número de mortes desde início de pandemia
  • Itália tem menor número de mortes desde início de pandemia

    Foto: Josi Donelli/The News2
    Apesar da tendência de alta nos novos casos do coronavírus Sars-CoV-2, a Itália registrou neste sábado (29) apenas uma morte, menor número para um único dia desde o início da pandemia. 
    O boletim do Ministério da Saúde totaliza 266.853 pessoas já infectadas pelo Sars-CoV-2 e 35.473 óbitos, sem levar em conta a subnotificação que caracterizou o pico da crise sanitária no país.
    Com exceção de quarta-feira passada (26), com 13 mortes, a Itália vem registrando menos de 10 falecimentos por dia desde 12 de agosto. A média móvel de óbitos em sete dias está em seis e permanece abaixo de 10 desde 24 de julho.

    Casos

    O boletim deste sábado confirma mais 1.444 casos, leve queda em relação aos 1.462 da última sexta-feira (28). Ainda assim, a Itália fechou a semana com 8.725 novos contágios, alta de 85% na comparação com a anterior.
    Esta é a sexta semana seguida de crescimento nos novos casos no país, com o maior número para o período desde 3 a 9 de maio, quando foram contabilizados 8.940 diagnósticos positivos. Já a média móvel de casos em sete dias chegou a 1.246, maior cifra desde 9 de maio (1.277), ainda antes do fim da quarentena na Itália.
    A contradição entre aceleração dos contágios e a manutenção de um patamar baixo de mortes pode se explicar pela redução da idade média dos contaminados - as pessoas de até 40 anos são o novo vetor da pandemia - e pela melhoria dos tratamentos e das condições do sistema sanitário.
    A Itália também soma 208.224 pacientes curados e 23.156 casos ativos, maior número desde 17 de junho (23.925).

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Ansa - Brasil

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail