Lavínia Vlasak lembra primeiro nu na TV e convites para posar na Playboy
  • Lavínia Vlasak lembra primeiro nu na TV e convites para posar na Playboy

    Lavínia Vlasak
    Lavínia Vlasak bombou em "Mulheres apaixonadas", novela de 2003 e que está de volta ao canal Viva. A atriz roubou a cena logo nos primeiros capítulos ao aparecer nua e fazendo um strip-tease, bêbada, em plena festa de casamento. Por conta do grande sucesso da época, ela recorda que chegou a ser procurada pela "Playboy" para estampar a edição de aniversário da revista, mas declinou do convite.
    "O convite sempre surgiu de tempos em tempos, desde o 'Rei do Gado' (sua primeira novela, em 1996), mas ele ficou mais insistente na época de 'Mulheres apaixonadas'. Eles me queriam para a edição de aniversário (a atriz Regiane Alves, que interpretou a vilã Doris, acabou topando ser a capa daquela edição). Nunca quis posar. Sempre achei curioso as pessoas quererem pagar para ver peito e bumbum, que são amplamente conhecidos. Não tenho vergonha do nu nem muitos pudores em relação a isso, mas sempre pensei que ia ter filhos e eles poderiam ser zoados na escola e sofrer pela mãe ter posado pelada um dia", explica a atriz, hoje mãe de Felipe, de 11 anos, e Estela, de 8, do seu casamento de 13 anos com o empresário Celso Colombo.
    A personagem da atriz na novela de Manoel Carlos deu o que falar por conta da paixão que tinha pelo Pedro Pedro, vivido por Nicola Siri, que chega a larga a batina para ficar com ela. Ou seja, um bafão!
    "Quando recebi o convite, eu falei, 'meu Deus do céu, que personagem incrível', me aguou a boca como atriz. Era uma personagem que tinha tudo na vida, morava num hotel, tomava champanhe o dia inteiro, mas era muito infeliz, tinha perdido os pais, os filhos, ou seja, era um papel maravilhoso, mas eu achava que ele não ia ser bem aceito pelo público. E foi! As pessoas amavam, torciam para ela ficar com o padre, diziam que queriam ser igual a ela. O que mais me surpreendeu foi que, num país católico e na época mais conservador que hoje, aceitaram aquela personagem e torciam pela felicidade dela", lembra.
    Foi em "Mulheres apaixonadas" que Lavínia apareceu nua pela primeira vez em cena. "Nunca é confortável, mas o Ricardo Waddington (diretor da novela), foi supercarinhoso, deixou dentro do estúdio só as pessoas quem deveriam estar. E eu me sentia muito amparada e respeitada por todos ali. Por mais que houvesse um certo desconforto em fazer essas cenas de nudez e tirar a roupa bêbada, por exemplo, eu me apoiava no fato de não ficar caricata, e esse sempre foi o meu maior medo. E isso fazia com que eu passasse por cima desse incômodo e constrangimento com nu no estúdio e fizesse com que a cena ficasse crível".
    A atriz, de 44 anos, que também pode ser vista na reprise de "Totalmente demais", tem se dedicado aos filhos nesse momento de pandemia, em seu apartamento novo, uma cobertura no Leblon, para onde ela acabou de se mudar depois de um ano e meio realizando obras no local. Lavínia também contou que mudou a prótese de silicone nos seios, após 18 anos. "Aumentei muito pouco, mas nem precisei comprar sutiã novo nem nada. Foi só uma coisa de preencher mesmo, após eu ter amamentado dois filhos".


    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail