Imprensa italiana detona "grave crise" de uma Ferrari sem "ideias e coragem" na F1: "Eles nunca foram tão ruins"
  • Imprensa italiana detona "grave crise" de uma Ferrari sem "ideias e coragem" na F1: "Eles nunca foram tão ruins"

    Ferrari
    Depois da pior performance na temporada 2020 até aqui, a imprensa italiana não poupou críticas à Ferrari em suas edições de segunda. Com o resultado no GP da Bélgica de Fórmula 1, os principais veículos do país falaram que a equipe não tem "ideias nem coragem" e defenderam que a Ferrari merece correr em Monza com portões fechados.
    O La Repubblica chamou o GP da Bélgica de um "desastre", e afirmou que os tifosi estão rezando para que a imagem não se repita nas corridas em casa, Monza e Mugello.
    "Nuvens negras na Ferrari. Desastre: o GP da Bélgica revelou os problemas da equipe. Uma corrida para esquecer em Spa. Os tifosi estão desesperados e agora chega Monza. Foi um festival de desastres que feriu os corações dos fãs".
    "Agora vem Monza, depois Mugello. Uma repetição de Spa seria terrível. Todos os fãs estão rezando. A Ferrari está em quinto no Mundial de Construtores, com 61 pontos, a pior sequência de sua história nesse começo de temporada".
    A Gazzetta dello Sport foi um dos mais críticos, falando que falta coragem à Scuderia, mas desejou que as performances nas corridas em casa, Monza e Mugello, sejam melhores.
    "Ferrari, em grave crise. A F1 é cruel e as equipes pagam caro por erros de design. Agora, eles têm uma conta alta, agravada pelo regulamento congelado devido à pandemia. Isso tornará muito difícil recuperar o desempenho, mesmo em 2021".
    "Agora, vamos para Monza e Mugello, corridas em casa, para buscar uma recuperação ou até mesmo um aumento de confiança. Espero que não há como ficar pior que isso".
    "Faltam ideias e coragem na Ferrari. Há trabalho a ser feito, mas é preciso refletir. Os rivais revolucionaram o motor e o chassi, enquanto a Scuderia só desenvolve o carro desde 2018 sem corrigir os defeitos".
    "O pior desempenho do ano para a Ferrari, nos dias em que Mugello anuncia a reabertura parcial de suas arquibancadas para a torcida. Felizmente, Monza não fará o mesmo. Essa Ferrari merece um GP a portas fechadas em Monza".
    O Corriere dello Sport falou que a única vitória de Leclerc no domingo foi conseguir ultrapassar Grosjean na parte final da prova.
    "Erros constrangedores. Vettel e Leclerc são um luxo. Não há nada que funcione mais do que os pilotos hoje. O carro está ruim e, o que é pior, regride a cada corrida. Zero capacidade de desenvolvimento, enquanto os adversários vêm com notícias positivas. O motor não está funcionando. A única vitória de Leclerc ontem foi ultrapassar Grosjean na última volta. Não estamos brincando".
    "A Ferrari nunca foi tão pouco competitiva na corrida como em Spa. Eles não puderam nem aproveitar o abandono de Sainz para avançar um lugar. Eles nunca foram tão ruins".

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

    motorsport.com

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

    Seguir por E-mail