• Repórter da Globo solta o verbo contra Bolsonaro por atitude com vacina

    Cauê Fabiano soltou o verbo contra decisão de Bolsonaro
    A decisão de Jair Bolsonaro (sem partido) de mandar cancelar o protocolo de intenções de compra de 46 milhões de doses da vacina CoronaVac está dando o que falar. Em rede social, o repórter da Globo Cauê Fabiano soltou o verbo sobre o presidente.
    “Quase 155 mil mortes, e o presidente politiza uma vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan. Desautoriza o próprio ministro (aquele que não conhecia o SUS) para agradar uma claque barulhenta, mas que vai tomar vacina até de Marte se for requisito pra entrar em Orlando”,
    disparou ele.
    O jornalista ainda reagiu a um seguidor que o questionou se ele “tomaria a vacina da China”: “Chamar de ‘vacina da China’ é xenófobo e incorreto. A vacina é produzida em parceria com Instituto Butantan, um dos mais respeitados no mundo. O testes de eficácia da fase 3 estão feitos aqui. Se o Instituto disser que é segura, é ignorância pura não se vacinar”.
    “‘Ah, mas se vacina quem quer’. Isso destrói a estratégia de imunidade de rebanho (segundo o Butantan, é preciso imunizar 95% da população) e mantém o vírus em circulação, o que pode contribuir para uma mutação”
    , escreveu o repórter da Globo.
    Cabe lembrar que o CoronaVac está sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan e pela farmacêutica chinesa Sinovac. O anúncio de Bolsonaro foi feito um dia depois do protocolo de intenções que havia sido feito nesta terça-feira (20) pelo Ministério da Saúde.

    Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM! 

    Fonte Rd1

    Nenhum comentário

    Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!