News

10/recent/ticker-posts

Carla Dias fala sobre o seu câncer e conta detalhes do documentário que produziu

Carla Diaz
No meio desse ano, a atriz Carla Diaz foi diagnosticada com um nódulo maligno na tireoide e, no último sábado (26), a atriz se emocionou ao comentar sobre o assunto durante a participação no programa “Altas Horas”, na TV Globo.
Feliz por ter superada a fase complicada, a beldade comentou que, foi muito difícil receber a notícia, já que achava que podia controlar a sua vida intensa de compromissos.

“Agora eu estou bem, estou curada. Acho que essa pandemia veio para fazer todo mundo parar e repensar sobre a vida. A gente acha, pelo menos eu achava, que eu tinha o controle da minha vida, da minha rotina, da minha agenda. E aí veio a pandemia bem no momento que eu ia estrear dois filmes e a vida me fez parar e olhar para o meu corpo”, comentou a musa dos corações da redação da Lully FM que tem 30 aninhos.

Em seguida, a artista que está no ar na reprise de “A Força do Querer”, afirmou que o programa de Serginho Groisman foi o primeiro lugar onde comentou sobre a situação abertamente.

“É o primeiro programa que eu estou abrindo isso, falando diretamente, e eu faço questão de falar porque não é fácil. Quem passa por algo assim, quem vê a fragilidade da vida, pesa bastante”, disse ela.

Para concluir o assunto, a loira afirmou que, é sempre importante a observação com o corpo e claro, o autocuidado para que tudo fique bem o quanto antes.
“Eu sei quantas noites eu fiquei sem dormir, o quanto eu tive medo. Mas eu tive muita fé e muita força para seguir em frente. E o foco de saber que ia dar certo. Fica minha mensagem: olhar para o nosso corpo, ele fala e ele sente. Agora pude completar 30 anos com esse aprendizado”, desabafou a influenciadora.

Documentário

Nas últimas semanas a gata fez um post nas redes sociais, anunciando o documentário “Metamorfose” que, conta a história de seu ciclo com o nódulo maligno.
“Metamorfose. Aprendi que precisamos estar atentos ao nosso corpo, não deixar para depois, ir ao médico, investigar até o fim. Agradeço a todos os médicos, ao meu pai que mesmo no Uruguai me deu toda força”, começou ela, que se prolongou nos agradecimentos.
“A tantas outras pessoas que também me ajudaram com mensagens ou uma palavra de carinho, ao meu amigo @yamgriffo que se sensibilizou com a minha história e embarcou de imediato como um grande irmão numa parceria de realizar esse documentário tão importante para mim”, finalizou Carla Diaz.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Postar um comentário

0 Comentários