News

10/recent/ticker-posts

Abel Braga ainda lamenta a perda do tetra campeonato do Internacional

Ricardo Rimoli/Estadão Conteúdo
Abel Braga deixou Porto Alegre para voltar ao Rio de Janeiro horas depois do empate em 0 a 0 com o Corinthians, no Beira-Rio, em 25 de fevereiro, pela 38ª e última rodada do Brasileirão. De lá para cá, duas semanas se passaram, o técnico recebeu o prêmio de melhor do campeonato e retomou a rotina de caminhadas à beira da praia. Mas ele fez tudo isso tomado pela 
sensação de que o título do Brasileirão foi tirado do Inter.
É quase uma sombra que persegue insistentemente o treinador sempre que pisa as calçadas do Leblon. Uma indignação que faz questão de externar em uma hora de entrevista a nossa redação, conduzida sem amarras, com a sinceridade costumeira de Abelão.
O técnico garante que não houve desonestidade ou maldade. Mas questiona decisões seguidas da arbitragem contra o Inter nas duas últimas rodadas. Especificamente a expulsão de Rodinei por Raphael Claus na derrota por 2 a 1 para o Flamengo, no Maracanã, na penúltima rodada, e o pênalti que Wilton Pereira Sampaio marcou e depois revisou com auxílio do VAR no empate em 0 a 0 com o Timão.
"Tiraram. Eu não tenho nenhuma dúvida disso. Não estou dizendo que foi de maldade ou que são desonestos. Mas foi um prejuízo grande. Os erros foram somente direcionados para um lado, contra o Inter. Os caras mereciam, porque foi um time de caras dignos, time de operários, lutaram até o último minuto, mas infelizmente tiraram, eu considero, de forma absurda"
Deixar escapar o que seria o tetra do Inter no Brasileirão após 41 anos ainda dói no técnico que deu ao clube sua primeira Libertadores e o Mundial em 2006. Mas Abel também fala do que vem pela frente, ainda sem planos concretos. Foi sondado para estrelar uma série documental sobre sua vida e para voltar a trabalhar nos Emirados Árabes. O técnico quer ser homenageado em vida. E não descarta até mudar de função no futebol.
Passado, presente, futuro... Abel Braga fala sobre tudo isso e, volta e meia, aparece o nome do Inter. Sua "alma gêmea", como diz o técnico recordista em jogos na história do clube.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte GE

Postar um comentário

0 Comentários