News

10/recent/ticker-posts

Paul Stanley afirma que o Kiss não continuará após a "End Of The Road Tour"

Paul Stanley
O lendário frontman do KISS, Paul Stanley, bateu um papo com a revista Rolling Stone e afirmou que o grupo não continuará as atividades após a "End Of The Road", que é, segundo a banda, a derradeira turnê mundial. Na entrevista, o Starchild explicou que a idade dos músicos é o fator determinante para a decisão de deixar os palcos.
“Nós chegamos à conclusão de que não podemos continuar [como uma banda que faz turnês]. Não é viável. Se nós estivéssemos usando jeans e camiseta, nós poderíamos fazer isso até os nossos oitenta ou noventa, mas estamos vestindo, por várias horas, roupas que pesam até 20 quilos. Há o fator de idade, o que torna mais real para as pessoas que podem ter duvidado da ideia da turnê End Of The Road”, pontuou Paul.
Todavia, Paul não encara a última turnê como algo triste e com gosto amargo. “Não acho isso amargo. Acho que é doce. Haverá lágrimas? Claro. Mas olhe o que nos foi dado. E pelo que os fãs dizem, olhe o que demos a eles. É diferente de outras bandas”, comentou Stanley.
De acordo com o vocalista e guitarrista, a turnê estava planejada para ter 120 apresentações e encerrar no ano passado (2020), no entanto, a pandemia do novo Coronavírus obrigou a banda reagendar algumas datas, como, por exemplo, a perna brasileira que está marcada para acontecer no mês de outubro.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte Rock Bizz

Postar um comentário

0 Comentários