Nasce primeiro bebê com três pênis da história

Nasce primeiro bebê com três pênis da história

Divulgação
Um novo estudo publicado na revista científica International Journal of Surgery Case Reports revelou o surpreendente nascimento do primeiro bebê de três pênis da história, algo que rapidamente chamou a atenção de médicos especialistas por se tratar do primeiro caso conhecido de trifalia.
O estudo descreve a trifalia como "uma anomalia congênita urogenital extremamente rara". Até então, só se tinha conhecimento de casos de difalia, ou seja, duplicação do pênis. Segundo o estudo, a difalia afeta uma em cada seis milhões de pessoas.
A criança, que nasceu em Duhok, no Iraque, foi levada para os cirurgiões aos 3 meses de idade, depois que os pais notaram inchaço no saco escrotal, ao lado de protuberâncias que se assemelhavam a pequenos pênis. Os especialistas realizaram um exame que percebeu uma bolsa com retenção de líquido ao redor do testículo (hidrocele) e dois pênis extras: um se estendia da raiz do pênis original e tinha uma glande, enquanto o outro se projetava abaixo do saco escrotal.
Depois que os pais consultaram vários especialistas em saúde, a criança foi submetida a uma cirurgia para remover a hidrocele e os dois pênis extras. A cirurgia para a difalia (ou, nesse cas o mais raro ainda, a trifalia) requer cirurgiões especializados, considerando que cada caso é diferente e pode exigir até mesmo a reconstrução da uretra.
De qualquer forma, os pesquisadores relatam no artigo que a cirurgia foi um sucesso e a criança não apresentou efeitos adversos após um ano de acompanhamento. A equipe médica responsável pela criança com trifalia solicitou acompanhamento assim que a criança atingir a puberdade.
A difalia pode ser uma condição genética, mas as evidências também sugerem que drogas e infecções durante a gravidez também podem desencadeá-la. Além disso, a difalia está associada a outros problemas congênitos que precisam de atenção, incluindo problemas no sistema digestivo e no trato urinário, por exemplo.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte CanalTech

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem