Paul Stanley: o Led Zeppelin errava muito, e por isso eram tão incríveis

Paul Stanley: o Led Zeppelin errava muito, e por isso eram tão incríveis

Paul Stanley
Durante bate papo com Regis Tadeu e Paulo Baron, Paul Stanley (Kiss) falou de sua paixão pela soul music - o foco da conversa era o lançamento recente de seu projeto paralelo, o Soul Station e seu disco de estreia, "Now And Then".
"Amo essa música porque ela não é perfeita, é passional, e a paixão não precisa de perfeição. Muita música hoje em dia é perfeita porque é feita por computadores. A música antigamente era feita por seres humanos de carne e osso, tocando instrumentos e nem sempre de forma perfeita. Se você ouvir alguns desses discos originais, parte do que os faz tão incríveis é que a guitarra pode estar um pouco desafinada, os sopros podem não estar perfeitos. E isso também serve para... ouça os dois primeiros álbuns do Led Zeppelin, tem tudo quanto é tipo de erro ali, mas é isso que os faz tão incríveis! Eles não sacrificavam a emoção para conseguir algo perfeito. Então acho que toda grande música assume riscos e não tenta ser perfeita".

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte Whiplash

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem