Carnaval 2022 poderá ter nova data caso não tenhamos condições sanitárias no Brasil

Carnaval 2022 poderá ter nova data caso não tenhamos condições sanitárias no Brasil

Viradouro 2020
A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) já se antecipou em relação ao Carnaval 2022, ainda incerto devido à pandemia de Covid-19. Caso não haja condições sanitárias para a realização normal dos desfiles em fevereiro, a entidade pensa em pelo menos três possibilidades de folia para o ano que vem. Numa delas, as apresentações na Sapucaí podem durar mais de quatro dias.

Em entrevista ao G1, Gabriel David, diretor de marketing da Liesa, ressaltou a importância do planejamento antecipado: “Todos os planos são possíveis e vem sendo conversados com patrocinadores e parceiros. O importante é garantir que haja Carnaval em 2022. Mais um ano sem desfile e as escolas de samba, tão importantes na cultura e na economia do Rio, vão acabar morrendo”.

Confira as possibilidades:

Carnaval estendido: a folia aconteceria no Sambódromo da Marquês de Sapucaí com público reduzido e os desfiles seriam espalhados por mais dois ou três dias, com menos agremiações se apresentando por noite.

Carnaval digital: de forma semelhante ao que já ocorre no Carnaval Virtual, os desfiles seriam criados para o ambiente digital; a proposta envolveria o trabalho de carnavalescos e demais profissionais e atrairia um público mais jovem para as apresentações das escolas.

Carnaval de inverno: adiamento dos desfiles de fevereiro para o meio do ano, junho/julho; a data seria acordada com a prefeitura e os parceiros que fazem a transmissão do evento.

Carnaval digital

Segundo Gabriel, a ideia dos desfiles virtuais já é antiga. A proposta pode ser posta em prática mais rapidamente devido à pandemia.

“O Carnaval digital já vem sendo pensado há um tempo, como forma de dar asas às ideias mais mirabolantes dos carnavalescos, reduzir custos e atrair as gerações mais novas. É uma ideia que vinha sendo discutida e a pandemia só acelerou esse processo”, disse o diretor ao G1.

Quem já tem Carnaval digital confirmado para 2021 é a Mangueira. O presidente da escola, Elias Riche, assinou uma carta de intenção com a Capivara Filmes para a realização de um desfile virtual em novembro deste ano.

Em fase de desenvolvimento, o projeto, criado por Dio, prevê uma versão digital do desfile da escola, criado com uso de tecnologia que mistura filmagem, animação em 3D e cobertura ao vivo.

A Acadêmicos do Grande Rio também já realizou desfile digital. A agremiação participou da edição especial da liga do Carnaval Virtual e apresentou seu desfile de 2020, que garantiu o vice-campeonato, através dos desenhos de alegorias e fantasias.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM! 

Fonte SRZD

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem