Globo suspende por tempo indeterminado projeto de novo humorístico

Globo suspende por tempo indeterminado projeto de novo humorístico

Elenco de humor na Globo
O programa de humor preparado para substituir o Zorra nas noites de sábado foi interrompido na Globo após meses de preparação. Alguns funcionários da empresa falaram em suspensão por tempo indefinido e outros foram além e cravaram o seu cancelamento.

Os responsáveis pelo projeto foram avisados da decisão da alta cúpula da emissora entre a última segunda-feira (17) e esta terça-feira (18). O custo alto do programa foi uma das justificativas apresentadas. As informações são do jornalista Maurício Stycer, do UOL.

O humorístico foi criado em 2020 e pensado para o primeiro semestre deste ano, mas ele não saiu do papel. Intitulado de Novo Normal, a atração tinha Antônio Prato na coordenação do grupo de roteiristas e Henrique Sauer na direção.

Roteiristas que estavam na equipe do Fora de Hora e do Zorra foram reaproveitados no projeto. Paulo Vieira, Welder Rodrigues, Marcelo Adnet, Katiuscia Canoro, Lidiane Ribeiro, Clarissa Pinheiro, Noemia Oliveira, Leandro Villa, Livia la Gatto, Luciana Paes, Caito Mainier e Luis Lobianco estavam cotados para o elenco.

Ainda de acordo com a reportagem, a ideia era que o Novo Normal não ficasse restrito aos temas envolvendo a pandemia do coronavírus. Previsto para 8 de maio, o programa foi adiado para 14 de agosto. Apenas nas últimas 24 horas veio a surpresa da suspensão dos trabalhos.

Seis episódios foram escritos. A Globo encomendou 31 episódios, mas foi reduzido para 19 por causa do adiamento de maio para agosto. Em nota ao jornalista, a Globo informou que a decisão pela suspensão do Novo Normal foi motivada pelos desafios impostos pela pandemia da Covid-19.

Para o lugar do Novo Normal, a emissora anunciou a exibição do humorístico Vai Que Cola, estrelado por Paulo Gustavo, Marcus Majella, Cacau Protásio, Catarina Abdalla, Samantha Schmütz e Emiliano D’Ávilla.

O canal dos Marinho passou a vassoura no núcleo de Humor por causa do ex-diretor Marcius Melhem, acusado de assédio por funcionárias da emissora, incluindo a atriz e humorista Dani Calabresa.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM! 

Fonte RD1

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem