Amigo de Amy Winehouse revela estratégia que usava para tentar fazer a cantora largar o vício

Amigo de Amy Winehouse revela estratégia que usava para tentar fazer a cantora largar o vício

Amy Winehouse
Tyler James, amigo de Amy Winehouse, contou como era lidar com o vício da cantora, que morreu em 2011, aos 27 anos, por uso excessivo de álcool. Os dois dividiam a mesma casa em Londres nos últimos anos de vida da artista britânica.

“Sempre que ela tinha uma recaída, eu saía de casa para ela não pensar que eu apoiava aquilo”, revela James. “Depois de dois ou três dias, ela dizia: ‘Tyler, volte para casa’, e eu voltava”, relata o amigo ao ‘This Morning’, no YouTube.

Amy Winehouse encarou uma longa batalha contra o vício em drogas e álcool. Segundo o amigo, nos últimos três anos de vida, a cantora já nem tocava nas drogas, mas o problema passou a ser com as bebidas.

Em uma dessas saídas de Tyler James, ele não imaginaria encontrar a melhor amiga morta. “Tive uma discussão pesada com ela, porque os médicos disseram que se ela continuasse bebendo, morreria”, diz. Ao voltar para casa, James viu a ambulância estacionada: “foi como uma estreia de filme lá fora”, relembra o amigo ao comentar sobre a quantidade de pessoas da imprensa.

“Amy era minha alma gêmea. Nunca imaginei a vida sem ela”, desabafa. Tyler James lançou o livro ‘My Amy: The Life We Shared’, em homenagem aos dez anos da morte da cantora, para contar tudo que vivenciou do ponto de vista de um amigo.

Amy Winehouse teve um sucesso meteórico. Com sua voz potente, a britânica logo conquistou uma legião de fãs e vendeu mais de 40 milhões de discos pelo mundo. A cantora ganhou 30 prêmios ao longo da carreira precocemente interrompida.

Amy Winehouse
 
Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM! 
 
Fonte Revista Monet

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem