Nova York flexibiliza restrições após vacinar 70% da população adulta

Nova York flexibiliza restrições após vacinar 70% da população adulta

Nova York
Nova York 
vai suspender a maioria de suas restrições impostas para frear o avanço da pandemia da Covid-19 agora que 70% de todos os adultos no estado foram vacinados com pelo menos uma dose, conforme anunciou o governador Andrew Cuomo nesta terça-feira (15.06).

Cuomo disse que todas as restrições impostas pelo estado sobre empresas comerciais, ambientes sociais, eventos esportivos e recreativos, construção, manufatura e varejo que foram postas em prática a partir de março de 2020 serão revertidas, “com efeito imediato”.

“Podemos voltar a viver. As empresas podem abrir, porque os mandatos estaduais se foram, as restrições de convívio social, as restrições de capacidade, os exames de saúde, os protocolos de limpeza e desinfecção”, tudo acabou, disse ele. “Lembre-se de 15 de junho. Lembre-se de hoje porque é o dia em que Nova York ressuscitou”.

Residentes e visitantes ainda precisarão usar máscaras em alguns ambientes, como hospitais, transporte público e escolas de acordo com as diretrizes recomendadas pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, mas todas as outras restrições impostas pelo estado serão suspensas. O estado permitirá que escolas e acampamentos decidam se exigem máscaras para as crianças durante as atividades ao ar livre.

Enquanto Nova York, que foi um epicentro inicial do surto global em março e abril passado, registrou mais de 2 milhões de casos e quase 53.000 mortes de Covid, agora possui uma das taxas de contágio mais baixas dos Estados Unidos.

No domingo, a taxa em todo o estado nos últimos 7 dias foi de 0,41%, ante uma alta de 7,9% em 4 de janeiro. Todas as regiões do estado tiveram uma taxa de casos positivos abaixo de 1%. Cuomo destacou que 70% é um grande marco e um sinal de que o estado está indo bem, mas não é a linha de chegada. “Queremos comemorar, mas queremos lembrar o que estamos comemorando”, disse Cuomo na segunda-feira. “Estamos dando a volta na última curva".

Mais de 11,1 milhões de residentes do estado foram vacinados com pelo menos uma vacina e cerca de 9,8 milhões estão totalmente vacinados, de acordo com dados estaduais. O estado administrou mais injeções per capita do que qualquer outro grande estado do país, de acordo com dados compilados pelo CDC.

Nova York sofreu lockdown generalizado de seus bares e restaurantes devido a pandemia. Muitos restaurantes e bares em Nova York não sobreviveram e fecharam as portas. A indústria de restaurantes emprega cerca de 1 milhão de pessoas no estado, respondendo por 9% do emprego total no estado. 

Antes da pandemia, a taxa de desemprego no estado de Nova York era de 3,9%. Esse número subiu para 16,2% durante o pior momento da pandemia em abril de 2020. Cerca de um ano depois, a taxa de desemprego estava em 8,2% em abril. 

O presidente Joe Biden estabeleceu uma meta de vacinar 70% dos adultos nos Estados Unidos com pelo menos uma dose até o dia 4 de julho, data que marca um feriado nacional e celebra a independência dos Estados Unidos. O Empire State Building e todos os outros ativos estaduais serão iluminados em azul e dourado para comemorar o marco da taxa de vacinação.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte Revista Vogue

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem