Lohan Lage traz novidades sobre o reality musical online “A Grande Voz“

Lohan Lage traz novidades sobre o reality musical online “A Grande Voz“

Lohan Lage

Qual cantor não deseja seu lugar ao sol ? Qual cantor não quer ser reconhecido pelo seu talento e seu trabalho ? O concurso musical online “A Grande Voz”, produzido pelo carioca e morador de Nova Friburgo Lohan Lage, é, hoje, um dos melhores caminhos para direcionar o artista a esses objetivos. A competição se dá através do envio de vídeos, em etapas eliminatórias repletas de desafios, e conta com uma bancada oficial de técnicos especialistas em realities musicais. Afinal, todos eles já participaram de algum reality musical da TV.

“A Grande Voz é um barato por inúmeras razões, e uma delas é essa: o candidato pode fazer parte do time de um cantor pelo qual ele já torceu em algum reality e por quem se tornou fã, e há uma legião de fãs nesse nicho dos realities”, afirma Lohan, o frontman da competição. Lohan, que por sinal também canta, foi participante da 1° edição quando ainda nem se chamava A Grande Voz. “Era uma espécie de The Voice Online e fiquei em 3° lugar. Depois que assumi a organização, mudei o nome, as dinâmicas e tornei o formato mais original. “ afirma

O certame já está com inscrições abertas para a quarta temporada e terá, esse ano, muitas ações voltadas para o Instagram do reality.

Entre elas, a interatividade com o público que, na opinião de Lohan, é um ponto chave do sucesso do formato. “O público ajuda a escolher música, o público vota em seus preferidos e interage no mesmo campo que os técnicos e jurados “ conta.

“A discussão é aberta a todos, com muita transparência. Eu diria que eles são um dos técnicos”, conta Lohan, falando sobre o público.

Apesar de, até então, o concurso ter acontecido em grupo fechado do Facebook, o público alcançado lá ultrapassou a marca de 30 mil membros. Os técnicos dessa edição já se dizem ansiosos e preparados para montarem seus times e buscarem a vitória. São eles : Priscila Borges (semifinalista do Ídolos 2009), Emmie Reek (drag queen brasileira que participou do The Voice da Irlanda em 2016 e do X Factor UK em 2017), Kelvin Bruno (campeão da Grande Voz em 2017 e semifinalista do The Voice Brasil em 2018), Kevin Ndjana (finalista do The Voice Brasil em 2018), Breno Lima (semifinalista do The Voice Brasil 01) e Lívia Itaborahy (participou do The Voice Brasil 03). Lívia, que aliás, é a atual técnica campeã. Em 2018, a mineira levou o título com a cantora Polyanna Pimpão, de Goiás.

“Para essa edição busco algo mais profundo do candidato. O que ele irá trazer de coerente e genuíno em sua voz  ? Essa é minha procura”, adianta Lívia, que integrou o time do cantor Daniel no The Voice Brasil e hoje atua como cantora e professora de canto.

Emmie Reek, drag queen que, com seu talento e carisma, cativa a todos em suas participações no concurso – sobretudo nas rixas cômicas com o técnico Breno Lima na luta pelos candidatos – afirma que “grande voz não é extensão vocal. A grande voz é saber o que está cantando, é ter verdade e firmeza no canto”. Breno Lima, que hoje é professor de canto e dono de uma empresa de direcionamento artístico, acredita que esta será a melhor temporada de todas. “A Grande Voz é um concurso que já revelou muita gente, inclusive para realities como o The Voice Brasil (Globo)”, acrescenta o técnico maranhense.

Ainda na esteira do The Voice Brasil temos dois técnicos de nomes muito semelhantes, e que, coincidentemente, também participaram da mesma edição do reality global: Kelvin Bruno e Kevin Ndjana. O primeiro sagrou-se campeão da Grande Voz em 2017, pelo time da técnica Priscila Borges – que agora será sua adversária. Esse feito, aliás, foi um imenso passo para que Kelvin alcançasse o estrelato e chegasse até a semifinal do The Voice Brasil pelo time de Carlinhos Brown. “A Grande Voz, assim como a experiência de cantar na rua, me ajudou muito a perder a vergonha de se apresentar e gravar vídeos”, revela Kelvin Bruno. Já o seu quase xará Kevin Ndjana é estreante na Grande Voz e chega com muita empolgação e vontade de vencer. “Quem sabe não sou campeão já de primeira, já chegar com o pé quente na Grande Voz ?”, ele brinca. Kevin foi finalista do The Voice Brasil em 2018, pelo time de Ivete Sangalo. Seu estilo performático, aliado ao seu canto, o diferenciou muito de grande parte de seus concorrentes.

Fechando o hall dos técnicos campeões, temos a cantora, atriz e vocal coach Priscila Borges, que em 2009 fez grande sucesso chegando às semifinais do reality Ídolos (Record). Além desse programa, Priscila também se destacou no teatro musical, entre eles o espetáculo “Rent – O Musical”. “Se você tem uma voz envolvente, bonita; se é afinado, se seu repertório bate com o meu repertório, se nosso coração bate na mesma sintonia… vou fazer de tudo para você ser do meu time!”, avisa Priscila, sem disfarçar a ansiedade de conhecer as vozes desta edição.

A Grande Voz terá início no dia 9 de agosto, a partir das 21h, no canal do YouTube intitulado de A Grande Voz Online. Será postada a primeira remessa de vídeos para as audições. Se você é cantor (a) ou conhece alguém que goste de cantar e manda bem, inscreva-se e recomende a Grande Voz. Além dos feedbacks, os candidatos também concorrem a premiações como livros, vagas em curso de inglês, assinatura em plataforma musical, ensaio fotográfico, gravação de videoclipe com o técnico (a) campeão e uma composição exclusiva de Carlos Colla, renomado compositor brasileiro. Para se inscrever, siga a Grande Voz e clique no link abaixo para se inscrever.


Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Gutemberg Vieira

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem