Bial convoca Lula para o seu programa na Globo

Bial convoca Lula para o seu programa na Globo

Bial e Lula

Pedro Bial mandou um recado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o bate-papo com Fernando Haddad na edição do Conversa com Bial da última segunda-feira (23). O apresentador da Globo convocou o líder do PT para uma conversa franca meses após fala polêmica.

“Professor, primeiro quero agradecer a sua elegância e gentileza de sempre, mas eu queria fechar essa conversa quem sabe abrindo portas para uma outra conversa“, iniciou o global.

“Você sabe que quando eu fui estrear esse programa no início de 2017, sabe quem foram os dois primeiros convidados pra esse programa?”, questionou. “Um foi o Fernando Henrique [Cardoso]. E o outro…?”, prosseguiu. “Imagino que o Lula”, cogitou Haddad. “Então”, seguiu Bial com bom humor. “O convite continua em aberto”, avisou.

“Farei chegar a ele, com toda a certeza”, prometeu o ex-prefeito de São Paulo. “Ele vai, provavelmente, assistir ao seu programa e vai saber que a casa está aberta para um bate-papo”, completou.

Pedro Bial destacou ao público sobre a sua série de entrevistas com promessas das eleições do ano que vem. “Lembrando aos espectadores que a conversa com Fernando Haddad faz parte de uma série de programas deste ano com nomes da política que serão decisivos na campanha para as eleições de 2022”, apontou.

Cutucada ao vivo

Em entrevista ao Manhattan Connection, da TV Cultura, Pedro Bial causou polêmica com um comentário sobre uma possível entrevista com o ex-presidente. O apresentador contou que o político fez uma exigência para a entrevista: que a conversa fosse realizada ao vivo, durante o programa. “Teria que ter polígrafo”, disparou.

“Você citou dois que dificilmente iriam. O Lula já até disse que gostaria de fazer o programa comigo, mas aí tinha que ser ao vivo. Pode até ser ao vivo, mas aí teria que ter um polígrafo acompanhando todas as falas dele”, analisou.

Depois da polêmica, Bial se explicou: “O ex-presidente [quando esteve preso] disse que queria falar para mim, mas só se fosse ao vivo, pois não tinha confiança na minha edição”.

“Conheço Lula há 40 anos, já o entrevistei algumas vezes, apenas uma ao vivo, quando fez suas primeiras declarações como presidente eleito, ao ‘Fantástico’, em 2002”, recordou.

“Qualquer entrevista pressupõe uma relação mínima de confiança. Grosseria é pressupor malícia e ousar impor condições como ‘só faço ao vivo, não confio na edição’. O Conversa com Bial recebeu, recebe e continuará recebendo convidados de todos os matizes da esquerda e da direita. Nunca houve queixa”, ressaltou.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM! 

Fonte RD1

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem