O adeus de CR7 a Juventus

O adeus de CR7 a Juventus

CR7

Os rumores que tomaram conta dos jornais italianos na última quinta se concretizaram nesta sexta: Cristiano Ronaldo deu adeus, literalmente, à Juventus. O astro foi ao CT do clube nesta sexta-feira apenas para se despedir de seus companheiros, sem participar do treinamento marcado para a parte da manhã.

Cristiano teria chegado ao CT por volta das 9h20 da manhã (horário local) e saído cerca de uma hora depois, quando os companheiros se preparavam para iniciar o treinamento. Ele, naturalmente, ficou fora da atividade. A imprensa italiana já havia noticiado que ele teria esvaziado seu armário ainda na quinta-feira.

O técnico Massimiliano Allegri deve falar sobre o tema nesta sexta-feira, em entrevista coletiva prévia ao jogo contra o Empoli. Outra notícia importante que deve se concretizar é o fato de CR7 ficar fora da lista de relacionados para o confronto deste sábado, pelo Campeonato Italiano.

Nova casa?

Depois de muitos rumores, Cristiano Ronaldo teria batido o martelo sobre deixar a Juventus nesta semana, quando a possibilidade de rumar para o Manchester City ganhou forma. O clube inglês vinha tentando a contratação de Harry Kane, que resolveu permanecer mais uma temporada no Tottenham diante do jogo duro da diretoria. Então, CR7, que estava em compasso de espera por uma oportunidade, passou a ser um alvo concreto para os ingleses.

Diante da possibilidade de voltar à Premier League, Cristiano teria dito à diretoria da Juventus que não quer mais atuar pela equipe e pedido para que o clube o negociasse - os jornais locais destacaram que o rompimento entre as duas partes era irreversível. Neste cenário, CR7 teria intensificado as conversas com o City e chegado a um acerto verbal através de seu empresário Jorge Mendes.

Segundo o jornalista especializado Fabrizio Romano, Cristiano Ronaldo negocia salário com o Manchester City neste momento e aguarda uma proposta oficial, no papel. Enquanto isso, o clube inglês precisa negociar com a Juventus para resolver a liberação do jogador. A Velha Senhora pede cerca de € 25 milhões (R$ 154,6 milhões) pelo português, e o City vê a melhor forma para o pagamento, podendo envolver jogadores como o atacante Sterling em uma troca.

Ídolo do Manchester United, onde chegou em 2003 e permaneceu até 2009, conquistando uma Liga dos Campeões e ganhando o primeiro prêmio de melhor do mundo na carreira, Cristiano Ronaldo poderia ser uma estrela que aumentaria ainda mais a rivalidade velada entre PSG e Manchester City. Com a chegada de Messi ao clube de Paris, que tem financiamento do governo do Catar, ter CR7 como grande estrela do City seria uma resposta e tanto por parte dos Emirados Árabes - país que tem relações conturbadas com os cataris e é responsável pelo dinheiro injetado no time inglês.

Em meio às especulações que começaram há algumas semanas, Cristiano Ronaldo só se manifestou publicamente sobre sua situação quando o "Marca" publicou que ele gostaria de voltar ao Real Madrid - no mesmo dia que o "Corriere dello Sport" relatou o oferecimento ao City por parte de seu empresário. Na ocasião, ele escreveu um longo texto pedindo respeito e dizendo que seguiria trabalhando em silêncio.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem