Boicote à Twitch gera queda de quase 800 mil horas assistidas

Boicote à Twitch gera queda de quase 800 mil horas assistidas

Divulgação

O boicote contra a Twitch realizado por streamers do mundo na última quarta-feira (01) gerou uma queda de quase 800 mil horas assistidas na comparação com o mesmo dia da semana anterior. Os números foram divulgados hoje (02) pela Gamesight, empresa de análises do mercado de jogos.

No levantamento publicado pelo The Verge, os índices indicam que na quarta-feira da semana passada foram assistidas 4,243,226 horas de lives. Ontem, o número chegou a 3,456,576, o que indica uma queda de 786 mil horas assistidas.

O número de canais ativos também registrou uma queda importante. Enquanto em 26 de agosto eram 185 mil canais fazeHumndo streaming na Twitch, este número caiu para 171 mil ontem, indicando que 14 mil canais a menos estavam ao vivo.


A pesquisa levou em consideração a audiência e o número de streamers que estavam realizando lives ao meio-dia do horário do Pacífico (às 16h no horário de Brasília).

Outros fatores

Apesar da queda registrada, outros fatores devem ser levados em consideração além da “greve” dos streamers. Os produtores de conteúdo DrLupo e TimTheTatman, que eram bastante populares na Twitch, saíram da plataforma e agora são parceiros do YouTube Gaming.

Além disso, o The Verge lembra que as férias escolares acabaram e que os números da semana passada podem estar um pouco inflados, já que foi realizada no período da Gamescom 2021.

Mesmo com as considerações, o CreatorHype, outra empresa que acompanha os gráficos de produção de conteúdo na internet, disse que a Twitch foi mesmo impactada. “Dependendo de como você qualifica esses dados, o impacto pode ter sido tão baixo quanto 5 por cento ou potencialmente tão alto quanto 15 por cento”, disse o analista Zach Bussey.

A hashtag que representou o movimento (#ADayOffTwitch) chegou a figurar nas primeiras colocações nos Trendings Topics do Twitter ontem.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte TecMundo 

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem