Filho de Chorão diz "Fora Bolsonaro" em resposta à polêmica envolvendo o Charlie Brown Jr.

Filho de Chorão diz "Fora Bolsonaro" em resposta à polêmica envolvendo o Charlie Brown Jr.

Alexandre Abrão

Alexandre Abrão, o filho de Chorão do 
Charlie Brown Jr. (1970 - 2013), se manifestou sobre a polêmica que envolveu o nome da banda no 7 de setembro e também se posicionou contra o governo de Jair Bolsonaro.

A confusão teve início depois que o perfil oficial do CBJR curtiu uma postagem de 7 de setembro feita no Instagram do usuário Victor Mehl, que também usava, em seu perfil, o slogan de campanha do atual presidente: "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. A mensagem trazia ainda alguns versos de "Eu Quero Ver o Mar":


Um emoji com o símbolo do rock (o dedo indicador e mínimo fazendo "chifrinho") e dois corações, um verde e outro amarelo, também foram postados pelo administrador da conta da banda.

Não demorou muito para vários fãs, incluindo alguns famosos, como Tico Santa Cruz, fossem cobrar um posicionamento já que, segundo eles, "Chorão nunca seria bolsominion", como disse uma admiradora. A réplica, no perfil da banda, veio de maneira ambígua para esta fã, de nome Juliana Santana: "Gata, o ‘choris' [Chorão] era pelo certo, pela liberdade, papo reto… a única bandeira levantada aqui é a do Brasil…".

Tico Santa Cruz, do Detonautas, foi além e procurou Marcão, o guitarrista que ficou na banda até 2005 e retornou em 2011. Em seguida veio a resposta:

O Chorão deve ser respeitado, assim como a banda! Falo como fã do CBJR – que ninguém tem o direito de usar o nome dele pra fazer política! E tomara que o Alexandre, filho dele, tome as providências necessárias sobre o irresponsável que administra a página da banda no Insta!"

Foi então que Alexandre também se manifestou, procurando diretamente Juliana. O atual responsável por gerir a marca Charlie Brown Jr., e tudo que envolve a banda, autorizou que ela divulgasse as mensagens:

"Oi Juliana, tudo bem? Aqui é o Alexandre, filho do Chorão do CBJR. Me mandaram um print de você falando que a banda apoia o Bolsonaro. Primeiro de tudo, nunca. Segundo, Fora Bolsonaro." Ele também lembrou que seu pai amava o Brasil, mas odiava políticos.

Para tentar colocar um ponto final na polêmica, o perfil da banda se manifestou. "Boa Noite Família…

"Hoje saudamos um post de 7 de Setembro do nosso irmão Victor Mehl, que postou a bandeira brasileira, linda, limpa de partido e com uma frase do Choris na legenda. Comentamos com um (símbolos de emojis). Infelizmente, houve um mal entendido e preferimos deletar o comentário todo, até porque nossa intenção foi apenas celebrar a bandeira sem qualquer cunho político. Inclusive, já falamos com a Juliana e está tudo bem".

A postagem, nos Stories do Instagram, terminou com mais alguns emojis que indicam carinho e a frase "No Bad Days" (sem dias ruins).

O administrador responsável por ter curtido e comentado a mensagem de Mehl não foi revelado.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte Vagalume 

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem