Shakira, Ringo Starr, Elton John e outros artistas são investigados no Pandora Papers

Shakira, Ringo Starr, Elton John e outros artistas são investigados no Pandora Papers

Divulgação

A lista de personalidades com contas em paraísos fiscais divulgada pelos Pandora Papers no domingo (3) também inclui artistas famosos como Shakira, Ringo Starr e Elton John. Liderada pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, na sigla em inglês), a investigação se baseou no vazamento de 11,9 milhões de documentos de 14 empresas de serviços financeiros em todo o mundo. 

 Shakira aparece na lista com três negócios registrados nas Ilhas Virgens Britânicas, na região do Caribe, situada na América do Norte. As empresas pertencentes à artista colombiana são a Light Productions Limited, a Light Tours Limited e a Titania Management Inc., todas abertas em abril de 2019.

À imprensa, a equipe da cantora informou que a opção pelas Ilhas Virgens Britânicas deve-se a uma "questão puramente operacional e comercial", além de negar qualquer tentativa de obter "vantagem ou benefício fiscal".

Elton John também possui uma série de empresas no território caribenho. No total, são 10 companhias nas quais seu marido, David Furnish, é citado como diretor. À investigação, Elton John afirmou que todas as empresas são tributadas no Reino Unido, onde ele e o marido residem, e não foram usadas como forma para obter redução de impostos.

Já Ringo Starr, ex-baterista dos Beatles, aparece na investigação por ter fundado duas empresas nas Bahamas, na América Central. As companhias eram usadas para o músico adquirir imóveis. Starr optou por não responder aos questionamentos feitos pelo ICIJ.

Julio Iglesias também é mencionado nos documentos por ter recorrido a cinco empresas com sede nas Ilhas Virgens Britânicas para comprar propriedades em Miami, no valor de US$ 112 milhões. O cantor está ligado a outras 15 sociedades geridas pela Trident Trust, que teria servido para comprar outras casas e um avião privado.

A modelo alemã Claudia Schiffer aparece como detentora de negócios nas Ilhas Virgens Britânicas. Nos documentos, porém, ela é citada por seu nome de casada, Claudia De Vere Drummond. Questionados sobre o assunto, os representantes da top afirmaram que ela não sonega impostos e todos os seus tributos estão em dia no país em que vive, o Reino Unido.

Para a Justiça, possuir negócios em países diferentes do local onde mantém residência fixa não é ilegal, desde que esses negócios sejam devidamente declarados ao fisco de onde o proprietário mora.

Os Pandora Papers também expuseram as contas offshore de personalidades internacionais do esporte e da política. O ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, são citados na investigação. A lista também inclui o ex-primeiro ministro britânico Tony Blair, o presidente do Azerbaijão Ilham Aliyev, o rei da Jordânia Abdullah II e o primeiro-ministro da Tchéquia Andrej Babis.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte ClicRBS

Post a Comment

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Postagem Anterior Próxima Postagem