Cinema

[Cinema][bsummary]

Games

[Games][bigposts]

Folietims

[Folietim][twocolumns]

Cristina Jobim abre a exposição "Amazônia" com obras sobre a Floresta e os Corais da Amazônia no Centro Cultural Correios RJ

Divulgação

Uma experiência visual e sensorial, com cores, sons, cheiros e luzes exaltando as obras, trazendo protesto e  conscientização em forma de arte.

Atenta à necessidade da preservação e conscientização desse tesouro natural, após 20 anos de pesquisa sobre o tema, a artista plástica Cristina Jobim abre a exposição "Amazônia", composta por salas sobre a 'Floresta Amazônica' e sobre os 'Corais da Amazônia', onde o observador poderá fazer uma verdadeira viagem visual, com sons, cheiros e uma explosão de cores e luzes que saem das telas e ganham vida, encantando visualmente e provocando as mais diversas emoções.

A  Amazônia é um bioma único no mundo, com 60% de sua extensão no Brasil, com rios, fauna e flora, fontes de água e vida. Recentemente foram descobertos os Corais da Amazônia - na bacia da foz do Rio Amazonas, recifes sobrevivem em grandes profundidades e onde quase não chega luz. A água da região é turva porque o rio carrega com ele pedaços de floresta: restos decompostos de árvores, folhas, terra, animais etc. Cientistas acreditam que nos Corais vivem peixes que nunca foram catalogados pela ciência, e também bactérias, fazendo dos recifes uma possível futura “farmácia submarina”.

Por isso, pessoas do mundo inteiro unem suas vozes para mostrar o quanto a floresta é importante para suas vidas. Proteger a Amazônia é proteger nosso futuro!

A exposição apresentará obras de diversos tamanhos, em acrílico sobre tela, mas que possuem vida própria, com curadoria de Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez (Tartaglia Arte), no Centro Cultural Correio RJ, a partir do dia 16 de dezembro. O espaço expositivo  'Floresta Amazônica'  terá  telas de grandes e médios tamanhos e, no espaço expositivo 'Corais da Amazônia', uma parede sobre os corais, com 36 obras de pequenas dimensões , atuando isolada e simultaneamente, de modo a despertar a essencialidade de cada elemento que compõem o universo do bioma amazônico e a contribuição individual de cada um deles para a existência do todo.

De acordo com Cristina Jobim, "a Amazônia é um bioma composto por infinitos elementos orgânicos, cada qual com incontestável importância para a floresta. O despertar de luzes e cores de cada obra se materializa em sua concepção. Os corais, fonte de vida, com seus matizes infinitos, foram ao mesmo tempo fonte de inspiração para a coleção, e um recorte, um catalisador da mensagem do universo da exposição. Verdadeiramente, a grande influência para a minha criação".

A obra de Cristina Jobim não mostra a influência de outros artistas, porque sua arte e técnica são frutos de pesquisas e experimentações próprias, resultado de sua inquietude em relação às cores e comportamento das mesmas em superfícies e densidades diferentes. Em "Amazônia", há uma forma de protesto, porque a Arte reflete a vida. "Penso que neste momento em que vivemos, todos temos que destacar a importância da Amazônia, trazendo seus elementos para a luz, para a ótica crítica do espectador, resgatando o que a humanidade tem de mais precioso, que é a vida", afirma Jobim.

Sobre Cristina Jobim

Cristina Jobim nasceu em Salvador, vive no Rio de Janeiro há 25 anos e atua no segmento de Tecnologia da Informação. Começou a pintar aos seis anos de idade. Já pintou cerâmica, bandejas de madeira, utilitários, peças de decoração, que  compõem seu acervo pessoal e o de amigos. Tem no bairro de Copacabana, a praia, o mar, o sol e as flores, a natureza como inspiração. Procura a poesia das cores, as formas que dão o primeiro insight para a criação de uma obra. 

 

De inspiração livre e autodidata, aprimora suas técnicas, experimenta cores e amadurece suas aptidões artísticas a cada novo quadro. Após anos de produção amadora, colecionando elogios, críticas construtivas, resolveu dedicar-se a pintar profissionalmente. Produzir arte, em consonância com o mercado, exigiu da pintora conexão com tendências e comportamento de consumo cultural. Em busca de seu registro artístico pintou algumas séries de quadros, catalogados em fases ou coleções da artista. 

 

Possui obras em 4 países:  Alemanha, Brasil, Itália e Portugal, e alguns prêmios acumulados em sua carreira artística. Atualmente tem a Amazônia brasileira como inspiração principal e forma de conscientização. 

 

A técnica de Cristina Jobim

Acrílico sobre tela, bem difundida, uma opção clássica. Em busca de encontrar harmonia, de despistar as sombras, de iluminar os caminhos do olhar abstrato se vê a força da arte presente nos quadros.

As composições de cor conversam, convivendo sem roubar a cena. As cores mais vistas não ofuscam as cores menos presentes ou de potência reduzida. As cores não se sobrepõem intencionalmente e isso revela a personalidade artística do trabalho.

É como num jogo de encantamento, que provoca movimento no quadro, fazendo com que seu observador seja livremente conduzido. A ideia é de que se considere que o mesmo quadro leve a caminhos diferentes, interagindo com o estado de espirito de seu observador. Um padrão de início sem destino previsto, sequer conhecido.

Exposições realizadas

. Exposição Olhar 2017 - Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

. Exposição Mottainai 2018 - Memorial da América Latina SP

. VIII Salão Internacional de Artes Plásticas SINAP/AIAP 2018 - Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

. Exposição Garden 2018 - Restaurante Garden Ipanema RJ

. Exposição Pigmentando o Mundo 2019 - Museu da Receita Federal / Ministério do Planejamento RJ (individual)

. Exposição Pigmentando o Mundo 2 / 2020 - Museu da Receita Federal RJ (individual)

. Galeria de Artes Sala Djanira (individual)

. CEPERJ Rio de Janeiro (individual)

 

Sobre a Tartaglia Arte

 

A Tartaglia Arte foi fundada em 1950 como um estúdio de pintura pelo artista Piero Tartaglia, então conhecido como Piery. Após alguns anos, criou um ponto de referência e encontro cultural com outros artistas e jovens talentos onde, sob a orientação do Mestre, desenvolveram seu estilo pessoal. A paixão avassaladora de Tartaglia  pela expressão pictórica com explosões de cor pura e contrastes violentos que tornam a tela viva, deu vida à Escola do Disgregacionismo.  Posteriormente fundou as Galerias, para exposição permanente de seus trabalhos e os de seus alunos, e que hoje são dirigidas pelo filho Riccardo. 

 

O amor pela arte e uma visão cultural ampla são as peculiaridades deste grande artista, e representam sua herança moral e espiritual. Herança que continua sendo representada por Riccardo Tartaglia, que trabalha com a mesma seriedade e tenacidade na propagação da arte, através de exposições e eventos internacionais. Mas tudo com a assinatura de Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez (Membro da Academia de Belas Artes do Rio de Janeiro e Embaixatriz Cultural com Honoris Causa, pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina - Honra da Arte de Florianópolis), o que confere um atestado de credibilidade e sensibilidade criativa. 

Site: tartagliaarte.org

 

Serviço

 

Exposição: "AMAZÔNIA"

Artista: CRISTINA JOBIM

Instagram: @cristinajobim.art

Curadoria: Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez - Tartaglia Arte

Instagram: @reginanobreztartaglia @tartagliaarte

Texto critico e apresentação: André Castro

Local: Centro Cultural Correios RJ (Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, RJ)

Abertura: 16 de dezembro de 2021 às 17h

Visitação: 17 de dezembro de 2021 a 06 de fevereiro de 2022

Dias e horários: terça a sábado, das 12h às 19h

Censura Livre

Acesso Gratuito

Acessibilidade: Sim

Assessoria de Imprensa: Paula Ramagem @_paula_r_soares

Representação comercial: Tartaglia Arte (21) 96588-2653 

Concebido e organizado por Tartaglia Arte - www.tartagliaarte.org

Apoio: Centro Cultural Correios - RJ /  Ministério das Comunicações - Governo Federal

Uso de máscaras e comprovante de vacinação são obrigatórios


Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Assessoria de Imprensa:

Paula Ramagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Cultura

[Cultura][bsummary]

Portal

[Portal][twocolumns]