Cinema

[Cinema][bsummary]

Games

[Games][bigposts]

Folietims

[Folietim][twocolumns]

Fundo árabe assume controle do Metrô Rio em operação de R$ 1,8 bilhão

Metrô do Rio 

O controle do Metrô do Rio de Janeiro mudou de mãos.

A operação era controlada até hoje pela Invepar, holding de infraestrutura e transportes controlada pelos fundos de pensão Previ, Funcef e Petros.

A operação envolveu a troca de dívida bilionária, avaliada em R$ 1,8 bilhão, dos fundos de pensão com o Mubadala, fundo de Abu Dahbi.

Desta forma, o controle da operação do Metrô Rio e do Metrô Barra passa para a Hmobi, holding de investimentos em mobilidade urbana. A HMobi pertence 51,5% ao Mubadala e 48,5% aos três fundos de pensão.

O fundo árabe auxiliou na reestruturação de dívidas da Invepar no valor de R$ 2,5 bilhões. Como troca, a Invepar abriu mão da concessão do metrô e da Linha Amarela.

O governo do Rio de Janeiro havia autorizado em junho deste ano a transferência do controle do Metrô Rio da Invepar para a HMOBI Participações. O governador Cláudio Castro autorizou a transferência no dia 11 de junho deste ano. A informação foi antecipada pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”.

O fundo árabe assume agora a concessão de um sistema de 54 quilômetros de trilhos, três linhas e 41 estações.

São duas concessões, que abrangem uma as linhas 1 e 2, com validade até 2038, e outra a linha 4, até 2036.

Com a pandemia o sistema metroviário carioca passou a enfrentar dificuldades, com a queda de 80% num modal que transportava 900 mil pessoas por dia.

Atualmente esta redução está entre 45% a 50%, e o lucro do negócio praticamente zerou em 2020.

Em nota, o presidente do Mubadala Capital no Brasil, Oscar Fahlgren, informou após o negócio ter sido fechado: “A incorporação do Metrô Rio e Metrô Barra ao portfólio se encaixa perfeitamente à nossa estratégia de transformar empresas que se encontram em um contexto complexo. Estes investimentos têm uma boa perspectiva de recuperação operacional e rentabilidade no longo prazo, mesmo diante do atual cenário econômico. Além disso, estas aquisições consolidam cada vez mais nossa experiência com ativos dessa natureza”, disse.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa página no Facebook, Instagram e Twitter venha fazer parte da família Lully FM!

Cultura

[Cultura][bsummary]

Portal

[Portal][twocolumns]