Liesa adia ensaios na Sapucaí e avisa: 'Não tem como controlar' | Lully FM - La Profundidade 88.1

Liesa adia ensaios na Sapucaí e avisa: 'Não tem como controlar'

Marquês de Sapucaí

O Carnaval de 2022 no Rio de Janeiro já está com o desfile das escolas de samba garantido na Marquês de Sapucaí. Mas a Liga Independente das Escolas, a famosa Liesa, vê com preocupação pelo menos dois assuntos relacionados à festa.

O primeiro deles esbarra nos ensaios das agremiações, já que as escolas deveriam realizar os testes de avenida já a partir da próxima quinzena. Mas as obras na região ainda não foram concluídas. De acordo com informações do jornal "Extra", as mudanças começaram em novembro, quando um investimento de R$ 45 milhões foi liberado para melhorias no local. As agremiações, vale lembrar, também já receberam o próprio investimento.

De acordo com Jorge Perlingeiro, presidente da Liesa, as obras só devem ser concluídas no final de janeiro, podendo invadir o segundo mês do ano. O Carnaval, no entanto, está previsto para a última semana de fevereiro, o que deixaria os prazos apertados.

Aumento do número de casos de Covid-19 leva Liesa a reforçar adiamento de ensaios

Para completar, como era previsto com as festas de fim de ano, o número de casos de Covid-19 no Rio aumentou. Em termos comparativos, dados do portal "G1" mostram que, no dia 20 de dezembro, havia apenas dois novos casos da doença no estado. No dia 29, o número pulou para 600, chegando a mais de 900 no dia 30.

A Liesa, ciente das taxas em crescimento, afirmou que o adiamento dos ensaios também levou em consideração, além das obras não finalizadas, o alto nível de contaminados.

Carnaval 2022 no Rio: Liesa cita aplicativo para comprovar vacinação na avenida

Perlingeiro também destacou o fato de que os ensaios das agremiações da Sapucaí são gratuitos, de modo que não seria possível impedir a entrada de ninguém, apesar de no dia dos desfiles isso ser colocado em prática. De acordo com o presidente da Liesa, são públicos diferentes.

"Os ensaios técnicos são abertos ao público justamente para aqueles que não vão conseguir ir aos dias de desfiles porque não conseguiram ingresso. E não tem como controlar o acesso", avisou, citando um argumento semelhante ao de Eduardo Paes quando o prefeito discursou sobre o Carnaval de rua na cidade, festa que deve receber uma atualização nesta terça (4).

Perlingeiro também citou um aplicativo que está sendo construído para que os pagantes, no dia da festa na avenida, possam facilitar a comprovação da vacina. "Vamos receber um modelo do aplicativo ainda este mês para saber como vai funcionar. Na Sapucaí, nos dias de desfiles, será necessário o aplicativo para o controle de vacinados. O pedido será feito para todos que ingressarem na avenida", explicou.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!