Angelina Jolie defende lei de violência doméstica nos EUA | Lully FM - La Profundidade 88.1

Angelina Jolie defende lei de violência doméstica nos EUA

Angelina Jolie

Um grupo bipartidário de senadores dos Estados Unidos fechou na quarta-feira um acordo para renovar uma lei para fortalecer as proteções contra violência doméstica, poucas horas depois que a atriz Angelina Jolie fez um discurso emocionado de apoio à causa.

A voz de Jolie falhou ao reconhecer que para algumas mulheres e crianças “esta legislação chega tarde demais” em um discurso em Washington.

“Estando aqui no centro do poder de nossa nação, só consigo pensar em todos que se sentiram impotentes por seus agressores por um sistema que falhou em protegê-los”, disse Jolie.

A Lei de Violência Contra as Mulheres expirou no final de 2018 e o presidente Joe Biden, que originalmente patrocinou o projeto como senador em 1994, fez campanha para renová-la.

A Câmara dos Deputados aprovou sua renovação em uma votação por 244 a 172 há quase um ano, mas a legislação estagnou no Congresso em meio a disputas partidárias sobre acesso a armas e questões transgênero.

“A razão pela qual muitas pessoas têm dificuldades para sair de situações abusivas é que elas foram feitas para se sentirem inúteis. Quando há silêncio de um Congresso muito ocupado para renovar a Lei de Violência Contra as Mulheres, isso reforça esse sentimento de inutilidade”, disse Jolie.

“Você pensa, acho que meu agressor está certo. Acho que não valho muito.”

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

(Por Jane Wardell)
Revista Istoé