Gravadora assume uso de sósia em disco póstumo de Michael Jackson | Lully FM - La Profundidade 88.1

Gravadora assume uso de sósia em disco póstumo de Michael Jackson

Michael Jackson

A gravadora 
Sony Music admitiu que três faixas lançadas no primeiro álbum póstumo de Michael Jackson (1958-2009), eram cantadas por um imitador. São elas: Breaking News, Keep Your Head Up e Monster.

Os três singles fizeram parte do álbum Michael lançado em 2010. O disco estreou na Billboard 200, e vendeu mais de 228 mil unidades equivalentes de álbum só na primeira semana de seu lançamento.

Vários fãs do Rei do Pop na época em que o disco foi lançado, assumiram que algumas faixas não eram cantadas por Michael Jackson. A própria mãe do artista, Katherine Jackson, afirmou que alguns vocais não pareciam com o do seu filho.

Em 2014, Vera Serova, entrou com uma ação da Classh Action contra Eddie Cascio, amigo antigo de Michael, e sua produtora, Agelikson Productions LLC. A fã alegava que músicas falsas do Michael estavam sendo criadas e vendidas. Inclusive a Sony Music Entertainment era uma das compradoras.

O compositor James Porte, supostamente co-autor de doze canções póstumas de Michael Jackson, estava envolvido no caso.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!

Fonte TMJ