Embaixada Brasileira formaliza pedido de extradição de Nelma Kodama | Lully FM - La Profundidade 88.1

Embaixada Brasileira formaliza pedido de extradição de Nelma Kodama

Divulgação

Primeira delatora da Lava Jato é representada, em Portugal, pelo advogado Eduardo Maurício.

A Embaixada Brasileira, por meio da Procuradoria Geral da República, formalizou o pedido de extradição de Nelma Kodama. A doleira da Lava Jato é acusada de ser integrante do alto nível de uma quadrilha de tráfico internacional de drogas. Relação descoberta durante a Operação Descobrimento, deflagrada pela Polícia Federal. 

A Nota Pública foi oficiada ao Magistrado Público do Tribunal de Relação de Lisboa no último dia 05 de maio. A defesa tem 10 dias para recorrer. Nelma é representada, exclusivamente em Portugal, pelo advogado Eduardo Maurício, reconhecido internacionalmente pelos trabalhos desenvolvidos no âmbito jurídico. Ele atua principalmente na área do direito penal. 

Especialista em Direito Criminal, Eduardo Maurício não vê motivos para que o processo de extradição seja continuado. “Não há nenhuma prova que associe Nelma Kodama à quadrilha de narcotráfico. A Justiça está tramitando a extradição com base em suspeitas, afirma.

ENTENDA O CASO NELMA KODAMA

Nelma Kodama é uma doleira, investigada na Lava Jato. Ela ganhou notoriedade ao se tornar a primeira delatora da operação. Chegou a ser condenada em primeira instância a 18 anos de prisão por corrupção, evasão de divisas e organização criminosa, entretanto foi beneficiada pelo indulto concedido pelo ex-presidente Michel Temer.

A doleira também ganhou destaque na imprensa brasileira devido à sua relação amorosa com o também doleiro, Alberto Youssef. Em 2018 foi investigada por receptação de joias roubadas, após aparecer nas redes sociais com um conjunto de par de brincos, um anel e pingente de rubis, avaliado em R$ 150 mil.

Neste ano, Nelma foi presa em Portugal por suposta associação ao tráfico internacional de drogas. A Operação Descobrimento, deflagrada pela Polícia Federal, identificou que a doleira supostamente integrava o primeiro núcleo do esquema.

A Embaixada Brasileira solicitou a extradição de Nelma Kodama. Com a devida documentação apresentada à Justiça portuguesa, a data de transferência da doleira será divulgada o quanto antes. Mas, caso os prazos não sejam cumpridos e os documentos não sejam validados, a defesa espera conseguir a soltura da doleira.

Baixe nosso App na Play Store, siga-nos em nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter. Venha fazer parte da família Lully FM!